Traba

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4161 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
o melhor desenvolvi
O presente






Clientes - o poder de barganha dos compradores pode alterar o equilíbrio na relação deste com o setor;


Fornecedores - podem exercer poder de barganha sobre os participantes de um setor, aumentando os preços ou reduzindo a qualidade das mercadorias e serviços;


Novos entrantes em potencial - novos entrantes trazemnovas capacidades e o desejo de ganhar participação de mercado;


Produtos substitutos - os substitutos não somente limitam lucros, eles também reduzem a prosperidade que um setor pode alcançar;


Rivalidade entre os concorrentes - está ligada ao uso de táticas como as de competição de preços, lançamento de produtos e propaganda;


Dessa forma, o vigor coletivo destasforças determina o lucro potencial máximo de um setor.


Três fontes genéricas de vantagem competitiva:


- Diferenciação;


- Baixo Custo;


- Focalização em mercado específico;


Fundamentados nesses dois eixos compreendidos pelas cinco forças competitivas e pelas três fontes genéricas de vantagem competitiva sustentados por Michael Porter,pode-se conceituar:


Vantagem competitiva ou diferencial competitivo é um conjunto de características que permite a uma empresa ser diferente por entregar mais valor sob o ponto de vista dos clientes, diferenciando-se da concorrência e, por isso, obtendo vantagens no mercado. De modo mais técnico pode-se dizer que é a ocorrência de níveis de desempenho econômico acima da média de mercado emfunção das estratégias adotadas pelas firmas.


Algumas das teorias que já foram vinculadas à explicação da desse conceito são o posicionamento estratégico, a teoria dos recursos, as teorias baseadas nos processos de mercado e as teorias de competências dinâmicas. Com nítida vinculação a uma dessas teorias, tem-se que a vantagem competitiva geralmente se origina de uma competência centraldo negócio. Ela surge fundamentalmente do valor que uma determinada empresa consegue criar para os seus clientes e que ultrapassa os custos de produção.


O termo valor aqui aplicado representa aquilo que os clientes estão dispostos a pagar pelo produto ou serviço; um valor superior resulta da oferta de um produto ou serviço com características percebidas idênticas aos da concorrência,mas por um preço mais baixo ou, alternativamente, da oferta de um produto ou serviço com benefícios superiores aos da concorrência, mas revestido pela compensação de um preço mais elevado.


Segundo Porter, existem três tipos básicos de vantagem competitiva:


Liderança no custo:


Neste tipo de estratégia, a empresa procura tornar-se um produtor com mais baixoscustos no seu setor de atividade. Seguindo esta estratégia, a empresa apresenta um âmbito de atuação amplo e procura atingir diversos segmentos de mercado, sendo a própria amplitude da empresa um importante fator de vantagem ao nível dos custos.


Em geral, um produtor que opta por uma estratégia de baixo custo produz um produto padronizado, focando-se no essencial do produto e colocando aênfase na obtenção de vantagens de custo absoluto e de escala.


Os possíveis riscos advindos da utilização da estratégia da liderança no custo:


• Mudança tecnológica que anula o investimento ou o aprendizado anteriores;


• Aprendizado de baixo custo por novas empresas que entrem na indústria ou por seguidores, por meio da imitação ou de sua capacidade de investir eminstalações modernas;


• Incapacidade de ver a mudança necessária no produto ou no marketing em virtude da atenção colocada no custo;

r única. Ela deve, portanto, procurar sempre formas de diferenciação que proporcionem um “preço-prêmio” superior aos custos da diferenciação. Essa empresa que opta pela diferenciação nunca poderá ignorar os custos, devendo reduzi-los em todas as áreas que...
tracking img