Traba.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1248 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Sabedoria – Exemplo Essencial © - 3ª parte
Cada época revela pessoas que se tornam ícones para a sua geração e para as gerações futuras. São pessoas que inspiram a vida por seus feitos, personalidade, genialidade... enfim, inspiram porque são diferenciadas. O caso que quero comentar agora é o de Salomão, que, segundo a história, foi o mais sábio de todos os governantes, em todos os tempos. Suavida é inspiração para o tema sobre o qual venho escrevendo ultimamente – a sabedoria.

Para contextualizar essa conversa, transcrevo um trecho da vida de Salomão:

Tendo a Rainha de Sabá ouvido a fama de Salomão, veio prová-lo com perguntas difíceis. Chegou a Jerusalém com grande comitiva, camelos carregados de especiarias, muitíssimo ouro e pedras preciosas... Salomão lhe deu resposta a todasas perguntas e nada houve que não soubesse lhe explicar. Vendo a Rainha de Sabá toda a sabedoria de Salomão, o palácio que construiu, a comida de sua mesa, a casa de seus oficiais, o serviço de seus criados e as roupas deles e seus copeiros, ... ficou fora de si e disse ao rei: “foi verdade a palavra que ouvi a teu respeito. Eu, contudo, não cria até que vim e vi com meus próprios olhos. E o queme contaram não é nem a metade de tudo o que vi e ouvi aqui. Felizes são teus empregados e todos aqueles que convivem contigo”.

Salomão presenteou a Rainha e Sabá com muitos presentes mais do que ela lhe havia ofertado, e atendeu abundantemente a todos os seus desejos que, maravilhada, retornou aos seus domínios”. (I Rs 10: 1-13) ou (II Cr 9: 1-12)

A rainha de Sabá foi uma célebre soberanado antigo Reino de Sabá (atuais territórios da Etiópia e do Iêmen). Conhecida e venerada entre os povos etíopes como Makeda (Balkis, Bilkis, Belkis, Nicaula), viveu aproximadamente no século X a.C. Na tradição judaica há muitas referências a ela, principalmente na visita que teria feito ao Rei Salomão para certificar-se das histórias de sabedoria atribuídas a ele. O relato prossegue apontando arainha maravilhada pela sabedoria do rei Salomão; e, ao final da visita pronunciando uma bênção sobre ele. Salomão, por sua vez, agradece a visita e a presenteia com muitos presentes.

Continuo falando sobre sabedoria. No primeiro texto, abordei a questão da necessidade de tê-la para além do conhecimento, informação, tecnologia, etc. No segundo, abordei a questão relacional. Agora, quero refletirum pouco sobre sabedoria e exemplo.

Um dos princípios-chave para se entender a sabedoria é a sua efemeridade. Quem a julga ter, já a perdeu; e quem a busca, a encontra na própria busca. Sabedoria não é um destino; antes, um caminhar. O sábio deseja continuar a jornada, cada vez mais, suavemente e em equilíbrio de vida. No entanto, para isso, acerca-se de um tipo de sabedoria muito necessáriaàqueles que desejam ser governantes e gestores efetivos.

Num sentido amplo, a sabedoria é contagiante e expansiva. A rainha de Sabá sai de sua terra a vai ao encontro de Salomão, atraída por aquilo que ouviu sobre ele. A fama do Rei transbordou o limite de seu reino e gera admiração.

Até então, ela tinha o conhecimento dos fatos atribuídos a Salomão que, de tão extraordinários, requeriam quefossem vistos. Desse encontro, impressionam-me alguns detalhes que fazem a diferença na qualidade do governo e da gestão. Salomão manifesta um tipo de sabedoria capaz de objetivar-se na vida. Não é um concurso de palavras e frases maravilhosas. É uma vida que se pode observar, que inspira e contagia.

Primeiro: ser sábio significa ter um tipo de sabedoria capaz de ter a vida organizada e não apenasas ideias organizadas. Tem gente que consegue explicar tudo, falar sobre tudo, refletir exaustivamente sobre as coisas, mas não consegue realizar nada. Ou, na melhor hipótese, tem uma realização sofrida e angustiada. Tomar consciência disto e organizar a vida é um propósito sábio. A sabedoria não pretende encher nossa mente de ideias e conhecimentos, mas abri-la para ver nossa coerência.

A...
tracking img