Tra. obesidade infantil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4046 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

A obesidade infantil tem crescido a cada dia, e com ela a preocupação dos pais em como fazer com que as crianças percam peso e evitem futuros problemas de saúde. Muitos pais estão começando a colocar seus filhos em dieta por conta própria e, com isso correm riscos de desenvolverem sérios problemas de saúde.

Actualmente considerada como um problema de saúde pública que resulta defactores sociais e biomédicos. Esta doença pode ser considerada uma epidemia e está relacionada ao aumento da mortalidade e da morbidade em geral. O surgimento da obesidade durante a infância é um problema grave porque a doença tende a persistir durante a idade adulta. A causa principal dos factores inclui uma dieta hipercalórica e a falta de actividade física

O excesso de peso e a obesidadeapresentam diversos tipos de consequências indesejáveis, ou seja, físicas, psicológicas, sociais e económicas. A obesidade infantil tem sido tradicionalmente vista como um problema cosmético e, quanto aos subsequentes riscos para a saúde, era esperado que aparecessem somente quando a obesidade persistisse na maioridade. Entretanto, tem sido mostrado que significantes riscos à saúde durante ainfância estão associados à obesidade e ao excesso de peso.

Deste modo, com este trabalho objectivamos reflectir sobre os Traumas Causados pela Obesidade Infantil na Saúde da Criança e do Adolescente em Viana, no contexto da Psicologia. Tomaremos como pressupostos as contribuições de vários autores que tornaram possível o entendimento de desta matéria de grande pertinência nos tempos actuais.CONCEITOS
A palavra obesidade é composta por ob (excesso) edere (comer). Significa, portanto, comer em excesso. O excesso de gordura resulta de sucessivos balanços energéticos positivos, em que a energia ingerida é maior que a energia gasta. A etiologia é influenciada por factores biológicos, sociais e comportamentais (Brownell & Wdden,1997).
A obesidade é um problema de saúde que afecta umaelevada percentagem da população mundial. É considerada um problema grave, com uma prevalência extremamente alta e é reconhecida como um dos maiores problemas de saúde das sociedades modernas civilizadas. A obesidade é reconhecida como um problema de saúde pública que tende a agravar-se (Blundell & Hill, 1986).
Segundo MARIE, JEAN (2001), uma pessoa é considerada obesa quando o sobrepeso é igualou superior a 20% do peso ideal. Os 20% de excesso escolhido para a definição correspondem a um aumento estático significativo dos riscos vitais em longo prazo.
Acreditamos que a Obesidade Infantil é constatada através de pesquisas e estudos de IMC (Índice de Massa Corporal) e dados análises de crianças com sobrepeso.
RAMOS (1999), defini a Obesidade referindo às pessoas que possuamelevadas taxas de gordura corporal, mas estipula valores diferenciando os sexos. Homens que possuam no mínimo 20% de gordura corporal e as mulheres com no mínimo 30% ou mais de gordura corporal.
Entendemos que as pessoas de ambos os sexos devem estar dentro destes padrões de porcentagens para não desenvolverem doenças cardiovasculares ou diabetes. As pessoas devem se conscientizar de quecada vez mais esta nova doença do século XXI está se agravando.
FILHO (2000), considera a obesidade uma síndrome, expressão de múltiplas causas que se manifestam por um excesso de massa corporal às expensas do tecido gorduroso.
Destaca ainda que, a obesidade não é sinónimo de excesso de peso, mas de um maior depósito de gordura. O excesso de peso refere-se à pessoa que excede ao damédia da população, determinado segundo o sexo, altura e o tipo de compleição física.

Notamos que factores psicológicos também influenciam na obesidade, tanto quanto em outras doenças já existentes. No entanto, além das influências genéticas, psicológicas e familiares, o fenómeno migratório do campo para cidade, características das mudanças ambientais, foi um dos factores mais...
tracking img