Toxopplasmose

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4366 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Protocolos de Diagnóstico e Terapêutica em Infecciologia Perinatal

Secção de Neonatologia da SPP

TOXOPLASMOSE
____________________________________________________________

___________
“A toxoplasmose congénita é uma infecção evitável”
JACK REMINGTON

Introdução O seguimento de um recém-nascido filho de mãe com toxoplasmose, nas circunstâncias em que habitualmente o fazemos, é umtrabalho difícil e exige persistência e paciência.

O diagnóstico de infecção fetal ou de infecção congénita no RN é complexo e exige sabedoria e arte por parte do obstetra e do pediatra e envolvimento dos familiares para uma adesão completa ao estudo evolutivo e à terapêutica. Implica também grande convicção de que o que se está a fazer é de importância fundamental para evitar ou minorar sequelas amédio ou longo prazo. O conhecimento e a certeza de que um diagnóstico e terapêutica correctos à luz dos conhecimentos actuais, podem na realidade impedir males maiores, são os pilares fundamentais para avançar com o diagnóstico pré-natal, terapêutica durante a gravidez e estudo evolutivo e terapêutica no RN. Os elevados custos psicológicos de uma gravidez marcada pelo receio de contrair ainfecção ou da suspeita de dar à luz uma criança com problemas graves do desenvolvimento, constituem outro problema não menos importante.

Importância e finalidade do rastreio na grávida Como refere Remington, a toxoplasmose congénita é uma infecção evitável e a sua prevenção pode ser primária ou secundária. Está provado que a prevenção primária da toxoplasmose congénita é uma medida eficaz. Estudosbelgas revelaram que a implementação de programas educacionais de ordem higiénica e dietética reduziram a taxa de seroconversão de 60% durante a gravidez.

Porque no adulto a infecção é habitualmente assintomática, o estudo serológico é a única forma de detectar a infecção. Por isso, a prevenção secundária baseia-se no rastreio da população de grávidas com a finalidade de detectar uma seroconversãodurante a gravidez e iniciar terapêutica o mais precocemente possível.

O rastreio universal na população de grávidas tem sido alvo de grande polémica baseada em vários factores: relação custo/benefício, dificuldades de interpretação dos resultados analíticos, erro de diagnóstico na grávida e no RN e falência do estudo evolutivo. Como política nacional de saúde o rastreio sistemático na grávidaexiste apenas em França, Áustria, Espanha, Bélgica, Itália e Portugal.

TOXOPLASMOSE

Protocolos de Diagnóstico e Terapêutica em Infecciologia Perinatal

Secção de Neonatologia da SPP

Para o estudo da relação custo/benefício é fundamental conhecer a taxa de seropositividade da população. Se há muitas mulheres com anticorpos para Toxoplasma gondii quer dizer que poucas estão susceptíveisa adquirir a infecção durante a gravidez. No entanto, a possibilidade das poucas seronegativas se infectarem neste período é grande. Se, pelo contrário, a taxa de seropositivas é muito baixa, apesar de haver uma grande faixa susceptível, a possibilidade de, individualmente, uma mulher se infectar é menor. A melhor relação custo/benefício diz respeito à primeira hipótese. Haverá poucas mulherescom necessidade de rastreio mensal durante a gravidez e a possibilidade de detectar uma seroconversão é grande. É portanto fundamental conhecer a serologia da população de grávidas e a taxa de seroconversão para que se possa avaliar a dimensão do problema a nível Nacional. Num estudo realizado na maternidade do hospital de Dona Estefânia em 1993 a taxa de seropositivas era de cerca de 40% em 1943análises serológicas conhecidas; nos anos de 2003-2006 em 2243 grávidas a taxa de seropositivas tinha descido para 26,4%. Nos dois períodos a taxa de seroconversão foi respectivamente de 5,1/1000 e 4,3/1000 confirmando que, quanto menor é o número de seropositivas menor será aquela taxa. A prevalência está dependente de dados demográficos e dos hábitos das populações, mas num inquérito de...
tracking img