Toxinas bacterianas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1424 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

Certos microrganismos apresentam a capacidade de produzir substâncias venenosas denominadas toxinas. Essa capacidade de produção de toxinas é denominada toxigenicidade. Dentre os efeitos das toxinas podemos destacar febre, alterações cardiovasculares, diarreia, interrupção da síntese de proteínas, toxemia, destruição das células do sangue e os vasos sanguíneos e alterar osistema nervoso.



2 DESENVOLVIMENTO

As toxinas são transportadas pelo sangue e linfa causando lesões distantes ao ponto de invasão do microrganismo, que por sua vez consegue superar a defesa do hospedeiro, produzindo assim toxinas, que é uma das três formas de lesar as células do hospedeiro. Essas substâncias solúveis, usualmente de natureza proteica, também alteram o metabolismonormal da célula ou tecido hospedeiro.

As toxinas podem ser derivadas em dois tipos: exotoxinas e endotoxinas.




2.1 EXOTOXINAS

São proteínas ou enzimas que catalisam determinadas reações bioquímicas. As exotoxinas são produzidas no interior de algumas bactérias em sua maioria, por bactérias gram positivas como parte de seu crescimento e metabolismo, e só liberadas no meiocircundante. São solúveis em líquidos corporais, o que facilita sua difusão no sangue e assim sucessivamente no corpo.

As exotoxinas agem inibindo certas funções metabólicas e destruindo partes da célula do hospedeiro. Elas são divididas em três tipos, de acordo com sua ação:

• Citotoxinas: matam e afetam as funções da célula hospedeira

• Neurotoxinas: interferem na transmissãonormal de impulsos nervosos

• Enterotoxinas: agem em células de revestimento gastrointestinal

As doenças causadas por bactérias produtoras de exotoxinas são causadas na maioria das vezes por medidas menores de exotoxinas, e não perda da célula das bactérias em si. Assim as exotoxinas produzem sinais específicos para cada doença.

Para imunizar as exotoxinas o corpo produzanticorpos chamados antitoxinas. Existem exotoxinas que são alteradas por substâncias químicas que perdem a capacidade patogênica, mas ainda estimula o corpo a produzir antitoxinas. Essas exotoxinas alteradas são denominadas toxóides. Os toxóides podem ser usados como vacina, pois estimulam a produção de antitoxinas.

A seguir, estão descritas algumas exotoxinas:

• Toxina Diftérica. Éproduzida pelo Corynebaterium diphtheriae somente quando é infectado por um fago lisogênico transportando o gene tox.

A toxina diftérica inibe a síntese de proteínas em células eucarióticas. O mecanismo pelo qual isso é realizado é um exemplo de como uma toxina interage com o hospedeiro. Essa toxina é uma proteína constituída por dois polipeptídeos diferentes, sendo um ativo e o outro deligação. Somente o ativo causa sintomas no hospedeiro, entretanto ele não existe sem a presença do polipeptídeo de ligação. Esse polipeptídeo irá se ligar a receptores na superfície da celulado hospedeiro e provoca o transporte de toda proteína através da membrana plasmática indo para o interior da célula. Após esse processo o polipeptídeo ativo inibe a síntese protéica da célula.

• ToxinaEritrogênica. As toxinas eritrogênicas chamadas de citotoxinas, prejudicam os capilares sanguíneos sob a pele e produzem um exantema de cor vermelha. O Streptococcus pyogenes com seu material genético têm capacidade de produzir três citotoxinas (A, B e C) e através de suas exotoxinas causam a escarlatina que é chamada assim por apresentar um exantema característico.

• Toxina Botulínica. Apesar daprodução da toxina envolvida ao crescimento de células vegetativas e a germinação de endósporos, algumas toxinas aparecem ao ser liberada pela lise. A toxina botulínica é gerada pelo Clostridium botulinum que é uma neurotoxina que age na junção neuromuscular impedindo a transmissão de impulsos da célula nervosa inibindo a acetilcolina, resultando na ausência de tônus musculares.

• Toxina...
tracking img