Totem e tabu

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (273 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
DISCIPLINA: TEORÍA SOCIOLÓGICA II
DOCENTE: DOUGLAS ARAÚJO
DISCENTE: CARLOS DIEGO VITAL DE ARAÚJO
TOTEM E TABU:
Notexto Totem e tabu, Freud consiste em explicar questões da psicologia social.
Segundo Freud, a necessidade de proibição do incesto está intimamente ligada aodesejo de cometê-lo, como ele afirma em um trecho do texto: “Os tabus, devemos supor são proibições da antiguidade primeva que foram, em certa época externamente impostos,devem ter sido calcados sobre eles, sem a menor dúvida, de forma violenta pela geração anterior. Essas proibições devem ter estado relacionadas com atividades para asquais havia forte inclinação” (P.48)
Segundo Freud, a primeira escolha amorosa da criança é incestuosa.
Ele ressalta a ambivalência presente nos tabus: proíbemalgo que é desejado, por esse motivo sua violação precisa ser vingada, ou então os outros ficariam tentados a agir da mesma forma que o transgressor.
Para Freud,o tabu por um lado é sagrado mas por outro é proibido, sendo assim tem-se o temor de ter contato com ele.
Freud julga o senso de culpa tabu que sugeria toda veztoda vez que o tabu fosse violado e o relaciona a angústia e ao caráter neurótico obssessivo.
Para Freud o tabu é distinto da neuróse,pois segundo ele o tabu seriauma instituição social (cultural), já a neurose teria uma estrutura associal.
Por fim, Freud descreve o totemismo como um sistema social, marcado por relaçõesderespeito e proteção entre os integrantes do clã e o totem, apartir de normas e costumes.
Ele assemelha as relações das crianças e dos homens primitivos com os animais.
tracking img