Torno cnc

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2483 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Exemplos de
Programas em CNC

João Manuel R. S. Tavares
Joaquim Oliveira Fonseca

1º Exemplo
Trata-se de uma peça paralelepipédica, sobre a qual se
pretende realizar o contorno apresentado, numa máquina
fresadora.
Vamos considerar que a peça já se apresenta desbastada e
somente se pretende fazer o acabamento do contorno. Para
facilitar, não será tido em conta o raio da ferramenta.
Aferramenta terá o seu eixo de rotação paralelo ao eixo Z e
a altura, livre de qualquer contacto com a peça Zmov=10, o
ponto para aproximação ao contorno (-9,-15). A velocidade
de avanço é de 600 mm/min, a velocidade de corte 1800
rpm e a trajectória sobre o contorno, inicia-se no zero peça
e desenvolve-se no sentido contrário ao dos ponteiros do
relógio.
2009@JST/JOF

CFAC: Exemplos deProgramas de CNC

2

1º Exemplo
Zmov=10.
Z=0
Zprof=-5.

Multivistas
da peça

Tabela e
esquema

P0
P1
P2
P3
P4
P5
P6
P7
P8
P9

X
-9
0
30
90
90
60
25
0
0
-9

Y
-15
0
0
10
40
70
70
45
0
-15

Centro1 (90,70)
Centro2 (25,45)

P5

R30

P6

R25
P7

70

Centro1

Centro2
P4

Origem Peça
P3

10
5

P1=P8
P2

30
5

2009@JST/JOF90

P0=Ponto para aproximação ao contorno (-9,-15)
P9=Ponto para afastamento do contorno

CFAC: Exemplos de Programas de CNC

3

1º Exemplo
Programa com o contorno em coordenadas
absolutas:
%
:22
N10 S1800
N20 G90 G17
N30 G00 Z10.
N40 X-9. Y-15.
N50 G01 Z-5. F600 M03
N60 X0. Y0.
N70 X30.
N80 X90. Y10.
N90 Y40.
N100 G02 X60. Y70. I0. J30.
N110 G01 X25.
N120 G03 X0. Y45.I0. J-25.
N130 G01 Y0.
N140 X-9. Y-15.
N150 G00 Z10. M05
N160 M30
%

2009@JST/JOF

: Endereço para o número do programa;
N10 Define a velocidade de rotação da árvore;
N20 Coord. em abs. e o plano XY para
interpolação;
N30 Movimento rápido para Z=10;
N40 Movimento rápido para X=-9 e Y=-15;
N50 Mov. de interpolação linear para Z=-5 à
velocidade de 600mm/min e liga a árvore nosentido retrógrado;
N60...N90 Mov. interp. linear (quando não há
alteração duma coordenada não é necessário
designá-la);
N100 Mov. de interp. circular no sentido
retrógrado;
N110 Mov. de interpolação linear;
N120 Mov. de interp. circular no sentido directo;
N130 e N140 Mov. de interpolação linear;
N150 Mov. rápido para Z=10 e paragem da árvore;
N160 Fim do programa.

CFAC: Exemplos deProgramas de CNC

4

1º Exemplo

Somatórios de X e Y iguais a 0,
já que volta ao mesmo ponto.
X = 9+30+60-30-35-25-9 = 0
Y = 15+10+30+30-25-45-15 = 0

Programa com o contorno em coordenadas relativas:
%
:23
N10 S1800
N20 G90 G17
(G17 – Plano de interpolação XY)
N30 G00 Z10.
(1º mov. deve ser em coord. absolutas)
N40 X-9. Y-15.
(deve-se garantir X,Y e Z em absoluto)
N50 G91
N60 G01Z-15. F600 M03
P5
Centro1
P6
N70 X9. Y15.
N80 X30.
N90 X60. Y10.
Centro2
P7
P4
N100 Y30.
N110 G02 X-30. Y30. I0. J30.
N120 G01 X-35.
N130 G03 X-25. Y-25. I0. J-25.
P3
N140 G01 Y-45.
P1=P8
N150 X-9. Y-15.
P2
N160 G00 Z15. M05
P0
N170 G90 M30
%
2009@JST/JOF

CFAC: Exemplos de Programas de CNC

5

2º Exemplo
Considere-se um caso semelhante ao anterior a menos de sernecessário
repetir o contorno seis vezes. Neste caso, vai-se utilizar uma estrutura de
programação com utilização de subprogramas, pelo que o contorno será
definido em coordenadas relativas e em subprograma, de modo a que a
sua localização se torne dependente da posição em que a ferramenta é
deixada antes de cada chamada.
Trata-se de uma peça paralelepipédica, sobre a qual se pretende definiros
contornos (saliências), numa máquina fresadora. Considera-se que a peça
já se apresenta desbastada e somente se pretende fazer o acabamento.
Será tido em conta o raio da ferramenta através da função de correcção
automática. A ferramenta terá o seu eixo de rotação paralelo ao eixo Z e a
altura, livre de qualquer contacto da ferramenta com a peça ou qualquer
dispositivo da sua fixação à...
tracking img