Torcidas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5221 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ
CENTRO DE HUMANIDADES
INTRODUÇÃO À SOCIOLOGIA (PROFESSORA ROSE)
INTRODUÇÃO À ANTROPOLOGIA (PROFESSOR GERSON)
METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO (PROFESSORA BELISA)








AS ARTES MARCIAS
E
AS TORCIDAS ORGANIZADAS








Isrhael Victor Araújo Vasconcelos Matrícula: 0950477
João Marcos de Holanda Francalino Matrícula: 0950158
MarceloAraujo Sampaio Matrícula: 0950445
Mário Enderson Parente Nogueira da Costa Matrícula: 0950256





Fortaleza, 25 de abril de 2007.
SUMÁRIO


1. INTTRODUÇÃO pág. 3
2. VIOLÊNCIA pág. 4
3. AS ARTES MARCIAIS pág. 5
4. HISTÓRIA DA CEARAMOR pág. 7
5. HISTÓRIA DA TUF pág. 7
6. PESQUISA EMPÍRICA pág. 8
7. ARGUMENTAÇÃO pág. 10
7.1. Fatos de violência entre as torcidas organizadaspág. 10
7.2. O lado solidário das torcidas organizadas pág. 12
8. CONCLUSÃO pág. 13
9. BIBLIOGRAFIA pág. 14
10. ANEXO pág. 15




















1. INTTRODUÇÃO


O presente trabalho acadêmico tem o intuito de avaliar se as artes marciais realmente estão influenciando para a propagação da violência nos estádios de futebol no Ceará. Pois o que se tem conhecimentoé de que as duas maiores torcidas organizadas do Estado do Ceará, a Torcida Uniformizada do Fortaleza (TUF) e a Torcida Organizada Cearamor (TOC), criaram academias de artes marciais para os seus associados, com isso, nós pretendemos, com a realização deste trabalho, avaliar o real interesse destas torcidas organizadas com a criação das academias de artes marciais. O que estas torcidas buscamconquistar com isso?Será que eles só querem fornecer um maior lazer para os seus associados?Será que eles visam divulgar o nome das torcidas com a academia?Ou será que tudo isso é uma forma de instigar o praticante a agir de maneira violenta com a torcida adversária?A partir destes questionamentos nós faremos uma análise temática circunscrita em pesquisas empíricas qualitativas/críticas desenvolvidasjunto às torcidas organizadas ‘’Cearamor “e ‘‘TUF’’, sediadas na cidade de Fortaleza.
O desenvolvimento de um trabalho dessa natureza é importante para a sociedade cearense, pois se pretende esclarecer o porquê de sempre querer tachar, sem nenhum estudo a respeito, as torcidas organizadas como sendo as únicas culpadas pela violência nos estádios de futebol. Pretendemos buscar uma compreensãomais justa sobre esse tema e analisarmos se com possíveis modificações nas políticas socioculturais nós poderíamos amenizar a filiação dos jovens nesse tipo de associação. Vale lembrar que não é nada fácil iniciar uma discussão sobre violência, sob qualquer ótica, pois sabemos que este tema, do ponto de vista do objeto-sujeito, é bastante penoso e pesado.
A violência nos estádios de futebol vemganhando parte significativa na agenda social, em especial nos veículos de comunicação de massa, parecendo assumir o epicentro das preocupações do poder público e do homem contemporâneo. No entanto, merece ser observada por outros ângulos cada vez menos policialescos ou midiáticos, para evitar que seja utilizada, apenas, como cenário de "espetáculo" e "banalização" humana.
A partir da visão dosintegrantes dessas torcidas organizadas, muitas vezes denominados vândalos em trabalhos científicos, buscamos avaliar se realmente possui alguma relação à violência produzida nos estádios de futebol com a criação das academias de artes marciais dentro das próprias torcidas organizadas e avaliar se o trabalho que vem sendo realizado dentro destas academias ocorre de maneira profissional einformativa. É importante que seja esclarecido o papel desenvolvido dentro destas academias, pois o verdadeiro objetivo das artes marciais é formar cidadãos de bem para a sociedade.
O surgimento das torcidas organizadas provocou um grande impacto na sociedade cearense, pois é inédito um movimento social de jovens em torno de uma organização que difunde novas dimensões culturais e simbólicas no cotidiano...
tracking img