Topografia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1278 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Faculdade Kennedy de Belo Horizonte
Curso de Engenhria Civil







Trabalho de Escalas




Sara Aparecida André
Matéria: Topografia
Professor: Romário









Belo Horizonte
2012
Escala

É a relação existente entre as dimensões representadas na carta e seus valores reais no terreno. As cartas trazem impressas nas margens as escalas respectivas, que podem ser:
•Escala numérica;
• Escala de equivalência;
• Escala gráfica.

A importância das escalas nos mapas

Da escala dependem muitas vezes os métodos e os instrumentos de análise assim como as observações e as generalizações possíveis.
Em Geografia, é fundamental saber mudar de escala e combinar os diferentes níveis de análise.
O termo é, por outro lado, de emprego difícil pois que “grande”escala corresponde a uma porção de terreno reduzida e “pequena” escala corresponde a um vasto território (designando grande e pequena o resultado da divisão).
A escala traduz assim, a relação entre a distância no mapa e a correspondente distância na realidade, ou seja, indica-nos quantas vezes a realidade foi reduzida.
Como sabes, para representar a superfície da Terra no seu todo ou em parte numafolha de papel temos de reduzir a realidade. Por exemplo, se quiseres representar Portugal Continental numa folha de papel A4 tens de reduzir a dimensão do país cerca de 1,9 milhões de vezes.

Tipos de escalas

• Gráfica
A escala gráfica é representada sob a forma de um segmento de recta, normalmente subdividido em secções e ao longo do qual são registadas as distâncias reaiscorrespondentes às dimensões do segmento. Nalguns mapas essas distâncias surgem na escala métrica europeia ( fig. 1) e noutros conjugam-se as unidades de medida europeias com as anglo-saxónicas (fig. 2) - em milhas ( utilizadas pelos ingleses e americanos).

Fig. 1 - Escala gráfica em Km ( escala métrica) Fig. 2 - Escala gráfica em Km e milhas
Ex.: Na escala1: 100 000 - "1 cm" representa a distância no mapa enquanto que o "100 000 cm" representa a distância real. Isto significa que 1 cm no mapa corresponde a 100 000 cm na realidade, ou seja 1 km


• Equivalente
Quando se opera com escala, utiliza-se qualquer sistema de medidas, não importando, pois, a nacionalidade da carta. A expressão 1/25000 significa que a unidade de medida considerada nacarta vale 25000 unidades no terreno, seja qual for essa medida: metro, decímetro, centímetro, milésimo, polegada, jarda, milha, etc.
Ex.: 1m na carta equivale a 25000m no terreno
1cm na carta equivale a 25000cm no terreno
1mm na carta equivale a 25000mm no terreno

• Numérica
A escala numérica é representada sob a forma de fracção. O numerador ésempre a unidade (1) e indica a distância no mapa, e o denominador a distância real (número de vezes que a realidade foi reduzida para ser cartografada) correspondente, sempre em centímetros (cm).
A escala numérica pode ser representada de três formas diferentes.

ESCALAS GRÁFICAS:
Exemplo da utilização dos dois tipos de escalas na mesma situação
Já deve ter reparado que alguns mapas trazem umaescala gráfica, outros trazem uma escala numérica e, existem ainda, os que trazem os dois tipos de escalas. Observa o mapa de Portugal e poderás ver que o mesmo mapa pode ser acompanhado por qualquer um dos tipos de escalas. Como sabes, as escalas gráficas e numéricas representam-se de forma diferente mas têm o mesmo objetivo.
Vantagens e desvantagens da utilização das escalas gráficas enuméricas...
Escala gráfica Escala numérica
Vantagens Desvantagens Vantagens Desvantagens
Mantêm-se a proporcionalidade quando surgem reduções, ampliações Menor precisão/rigorosa Maior precisão/rigorosa Imprópria para reduções, ampliações

COMPARAÇÃO ENTRE ESCALAS:
Aplicação Área representada Tamanho da escala Nível de análise (nº e qualidade dos pormenores Quantidade de território
representado...
tracking img