Topografia uni9

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1555 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
TOPOGRAFIA

08-LEVANTAMENTO TOPOGRÁFICO PLANIMETRIA pg 98
levantamento
• pontos planimétricos, • altimétricos ou planialtimétricos

pontos de apoio (partir destes )

Projeção

ΔX = D . sen Az ΔY = D . cos Az

TÉCNICAS DE LEVANTAMENTO PLANIMÉTRICO

X1 = X0 + dX Y1 = Y0 + dY

VERIFICAÇÃO DO ERRO DE FECHAMENTO ANGULAR
ERRO = SOMA TEÓRICA – SOMA PRÁTICA SOMA TEÓRICA Somatóriodos ângulos medidos = (n + 2) . 180º

TOLERÂNCIA ERRO ANGULAR • εa = p. m1/2
m = número de ângulos poligonal e p = é precisão nominal do equipamento
Caso o erro cometido seja maior que o erro tolerável é necessário refazer as medições angulares.

A correção do erro angular pode ser feita da seguinte forma:
• Calcula-se o erro angular, • Selecionar os alinhamentos de menor extensão, •Ajustar os ângulos destes alinhamentos.

OBS. O ângulo corrigido é o anterior ao da respectiva distância

OBS. O ângulo corrigido é o anterior ao da respectiva distância – se você tiver que alterar o alinhamento P4

OBS. O ângulo corrigido é o anterior ao da distância. ¨

Erro de fechamento linear
Após a correção do erro angular, a partir do ponto de partida (P1), calculam-se ascoordenadas, com 3 casas decimais, dos demais pontos até retornar ao ponto de partida. A diferença entre as coordenadas calculadas e as fornecidas para este ponto resultará no chamado erro planimétrico ou erro linear cometido. Como os ângulos foram ajustados, este erro será decorrente de imprecisões na medição das distâncias.

Erro de fechamento linear

• eX = X1Calculado – X1Fornecido • eY =Y1Calculado – Y1Fornecido erro planimétrico eP = (ex2 + eY2)
• É necessário verificar se este erro está abaixo de uma determinada tolerância linear (εp). Normalmente esta é dada em forma de escala, como por exemplo, 1:1000. O significado disto é que, em uma poligonal com 1000 m o erro aceitável seria de 1 m. Para calcular o erro planimétrico em forma de escala utilizam-se as seguintes fórmulas: Erro de fechamento linear ep
Exemplo: Dados os valores de erro de fechamento linear e tolerância linear, verificar o levantamento efetuado. São dados: Σd = 1467,434 m ex = 0,085 m ep = (ex2 + ey2)1/2 eY = -0,094 m ep = ((0,085)2 + (-0,0942) 2)1/2 tolerância = 1:10000ep = 0,127m
Z = 11554,59 ep ≤ εP, então ok!

Explicação do exercício sem fórmula
Exemplo: Dados os valores de erro de fechamentolinear e tolerância linear, verificar o levantamento efetuado. São dados: Σd = 1467,434 m ex = 0,085 m eY = -0,094 m tolerância = 1:10000 Tolerância do erro representa Para cada 10 000 m é admissível 1 m de erro neste caso temos 1467,434 e fazendo regra de 3 1m x - 10 000 ,00 m - 1467,43 m

A tolerância admissível ao erro é x = 0,1467 m ex = 0,085 m representa projeção em x do erro eY = -0,094 mrepresenta projeção em y do erro




Erro = a hipotenusa da das projeções 0,127m
0,127 < 0,1467 (tolerância)

= ep = ((0,085)2 + (-0,0942) 2)1/2 =

ALTIMETRIA

Definir cotas intermediárias por regra de 3

MOVIMENTO DE SOLO
• Nem sempre é possível utilizar o terreno com suas feições físicas originais, para isso é necessário fazer movimento de solo ou terraplenagem paraadequar a superfície existente à superfície desejada. Entre o terreno original e a superfície nivelada forma-se um “talude”, ou seja, uma superfície de ligação. • O movimento de solo é uma das etapas mais custosas dentro da obra, portanto sempre que houver a possibilidade, devemos buscar a minimização do mesmo.

CORTE

Valores usuais (V:H) para taludes de corte (recomenda-se estudo para cadacaso). •Rocha: 90º •Seixo: 1/1 (45º) •Argila: 4/5 (39º) •Areia: 3/5 (31º) •Terra vegetal: 1/2 (30º)

ATERRO

Em geral, os taludes de aterro (V:H) devem ser menos inclinados, utilizando-se 1/4, 1/3, 1/2, 2/3 (recomenda-se estudo para cada caso).

SEÇÃO MISTA

Empolamento
• Toda vez que há movimentação do solo, este muda de densidade, ou seja, torna-se mais ou menos volumoso conforme o...
tracking img