Toic

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4512 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
DEMONSTRAÇÃO DO VALOR ADICIONADO – UMA CONTRIBUIÇÃO DA CONTABILIDADE PARA A MENSURAÇÃO DA PARTICIPAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL DA ENTIDADE EMPRESARIAL.

INTRODUÇÃO

As entidades evoluíram ampliando sua visão de forma a entender o verdadeiro significado da sua existência, dando uma ênfase maior nas relações com o meio ambiente e com a sociedade em que está inserida. Por outro lado, asociedade tem exigido das empresas uma responsabilidade ética que proporcione uma maior proteção ao meio ambiente, evitando poluição do ar ou da água, melhores condições de trabalho e fabricação de produtos confiáveis.

Gradativamente, mais e mais empresas vêm procurando atender aos anseios da sociedade, implantando programas de qualidade para seus produtos e serviços, adquirindo equipamentosque protegem o meio ambiente e investindo em programas sociais para atender aos funcionários e à comunidade onde a empresa está instalada.

As empresas que aderiram este novo perfil necessitam mostrar o montante dos benefícios gerados, além dos lucros que incorporam seu patrimônio.

Desde os primórdios a contabilidade vem avançando de forma a demonstrar sempre a situaçãopatrimonial da empresa. Evoluindo da simples função de controle do patrimônio e da riqueza gerada pela entidade, através de controles rudimentares, para uma posição de destaque, passando a ter uma importância cada vez maior para os usuários no processo de tomada de decisão.

Segundo o professor Sérgio Iudícibus[1], a estrutura conceitual básica da contabilidade é essencialmente utilitária,no sentido de que responde, por mecanismos próprios, a estímulos informativos dos vários setores da economia.

A contabilidade em resposta a nova necessidade de seus usuários, criou o Demonstrativo do Valor Adicionado, peça do Balanço Social.

A Demonstração do Valor Adicionado desenvolve conceitos puramente econômicos, evidenciando quanto de valor a empresa agrega durante seuprocesso produtivo, ampliando assim os horizontes de seus usuários.

Considerando a responsabilidade da contabilidade de comunicar a seus usuários informações úteis para o processo de tomada de decisão, neste trabalho procura-se analisar a forma de apresentação das informações na Demonstração do Valor Adicionado e propor modificações em sua evidenciação numa abordagem puramenteeconômica, de forma que possa ser utilizada diretamente no cálculo do Produto Interno Bruto.

BALANÇO SOCIAL E A DEMONSTRAÇÃO DO VALOR ADICIONADO

O Balanço Social surgiu na Europa com o objetivo de atender aos movimentos sociais que demandavam por informações sobre projetos sociais, condições ambientais, informações para os empregados sob o aspecto do nível de emprego, condições de trabalho,remuneração e formação profissional. A Demonstração do Valor Adicionado surgiu por influência da França e da Alemanha como forma de mensuração desta participação da empresa neste contexto social.

No Brasil o Balanço Social surgiu com a campanha do Sociólogo Herbert de Souza(1935-1997), o cidadão Betinho pela publicação do Balanço Social pelas empresas. Foram promovidos grandes debates anível Nacional envolvendo entidades como Abrasca (Associação Brasileira de Capital Aberto), PNBE (Pensamento Nacional das Bases Empresariais) e CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

Em 1997, as deputadas federais Marta Suplicy, Maria da Conceição Tavares e Sandra Starling, do partido dos trabalhadores apresentaram projeto de Lei obrigando as empresas privadas, públicas e sociedades deeconomia mista com mais de 100 empregados elaborar o Balanço Social.

Apesar de ainda não ser obrigatório no Brasil, algumas empresas já publicam o Balanço Social como é o caso de alguns Bancos, Banco do Brasil, Banco do Nordeste, Banco Itaú e algumas empresas privadas.

Como composição do Balanço Social é apresentada a Demonstração do Valor Adicionado que tem como objetivo...
tracking img