Tirania da maioria

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2116 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
SUMÁRIO

1. Introdução ________________________________________________________ p.4

2. Tirania da Maioria __________________________________________________ p.5

3. Participação Política_________________________________________________ p.7

4. Bibliografia________________________________________________________ p.9

1. INTRODUÇÃO

Através deste trabalho procuramos estudar e analisaros conceitos que Tocqueville elaborou sobre a Tirania da Maioria e Participação Política durante suas principais obras: Da democracia na América e O antigo regime e a revolução e que serão utilizados no debate a ser realizado em sala de aula. Dividimos o trabalho em duas seções fora esta introdução, onde a próxima se diz respeito as característica da Tirania da Maioria e, a que a prossegue, éreferente à Participação Política. Nesta primeira seção tentamos contextualizar as ideias centrais do trabalho e especificar certos pontos.
Alexis de Tocqueville, em sua viagem aos Estados Unidos em 1831 para estudar o sistema prisional americano, acaba que por concentrando seus estudos na democracia americana. Uma vez que a mesma consegue lidar com revoluções sociais (que seria o cenário marcantena Europa da época) e em como os americanos conseguem formar um governo estável utilizando do princípio da Soberania Popular (onde a vida pública é aberta ao conjunto da população).
Destaca-se que seus estudos visam algo além do que foi conquistado nos Estados Unidos, o autor visa construir e consolidar um conceito de democracia universal, uma vez que nos Estados Unidos a democracia ainda éalgo em desenvolvimento (inacabado) e que cada país se desenvolverá de uma forma diferente, condizente com sua realidade histórica e de costumes, mas sempre caminhando para uma maior igualdade. Comparando modelos clássicos da conjuntura europeia, onde a população luta por participação política, a um modelo político americano onde todas as pessoas participam do sistema de governo – seja votando,formando partidos, podendo se candidatar.
Sua intenção não é copiar as instituições e leis americanas, mas sim, servir de exemplo de como a democracia funciona sem tamanhas revoluções. Busca auxílio na compreensão dos princípios que baseiam a constituição americana, os quais são necessários, comuns e indispensáveis para todas as repúblicas. Como os princípios de liberdade real, respeito ao direito,equilíbrio dos poderes e ordem.
Tocqueville busca uma ligação perfeita entre liberdade e igualdade, ressaltando seu ideal em que ambas acabam por se confundir. Sempre busca por uma harmonia em ambos, uma forma em que o desenvolvimento da igualdade não impeça liberdade. É o que autor expressa como um de seus maiores receios, juntamente com os riscos que a igualdade promove na participação políticaque pode acarretar na Tirania da Maioria, a ser analisada na próxima seção.

2. TIRANIA DA MAIORIA

Nesta seção, como foi explicitado na anterior, será apresentado à definição - no caso - o que Tocqueville diz a respeito da Tirania da Maioria. Além de suas causas e como evitá-la. Levando-se em consideração seus riscos e receios do autor. Na seção seguinte será trabalhada a conjuntura daParticipação Política.
Levando-se em consideração a passagem do autor: “Considero ímpia e detestável a máxima de que, em matéria de governo, a maioria de um povo tem o direito de fazer tudo e, no entanto atribuo às vontades da maioria a origem de todos os poderes. Estarei em contradição comigo mesmo?” (TOCQUEVILLE, 1961 apud WEFFORT, 2002. p.172), começamos nossos estudos por essa indagação deTocqueville. O autor, em seus textos, deixa claro a necessidade da participação popular frente aos aspectos políticos e que a o governo democrático (que é o que o mesmo propõe) deve ser gerido quanto à igualdade de condições. Um governo onde as decisões são pelo voto, onde a maioria vai eleger seus representantes. Contudo, o autor não se contradiz, pois, por mais que o governo seja gerido por...
tracking img