TIPOS DE POEIRAS

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1387 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de outubro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
TRABALHO DE HIGIENE OCUPACIONAL

POEIRAS


NOME: ANDRÉ LUIZ DE ARAÚJO BORBA
TURMA 8, SALA 2, TURNO NOITE
PROFESSORA: ELOÍSA
SUMÁRIO

1 - Introdução
2 - Conceitos
3 - Desenvolvimento
4 - Conclusão
5 - Referências Bibliográficas

1- INTRODUÇÃO





Poeiras


Como se constatou, diferentes tipos de partículas produzem diferentes
ações no organismo. As partículas como o póde carvão, o carvão e
o óxido de estanho não produzem demasiada reação nos pulmões.
Outras, como o pó de quartzo e de amianto podem causar cicatrizes
permanentes no tecido pulmonar. Em quantidades significativas, certas
partículas como o amianto, podem causar cancro nos fumadores.
Atendendo a que no sector existem muitas atividades em que o trabalhador
pode estar exposto a partículas noestado sólido (poeiras,
fibras e fumos), será importante caracterizar algumas delas, indicando
a legislação aplicável e as boas práticas a seguir para minimizar as
consequências daí decorrentes.

2- AGENTES QUÍMICOS: POEIRAS


CONCEITOS E DEFINIÇÕES

1 – RECONHECIMENTODO RISCO DA EXPOSIÇÃO A POEIRAS

- Conceitos e definições
- Fontes geradoras de poeiras
- Efeitos das partículas sobre oorganismo
- Tipos de poeiras

AERODISPERSOÍDE
Reunião de partículas, sólidas ou líquidas, suspensas no ar por tempo suficiente para serem observadas ou medidas.
0,001 a 100 µm.
Sinônimos { Aerossol }
{ Poeira }
{ Material Particulado}

Poeira
Toda partícula sólida de qualquer tamanho, natureza ou origem, capaz de se manter suspensa no ar.Quanto mais poeira estiver suspensa no ar, maior o risco à saúde dos trabalhadores expostos.

3 - Processos de Formação da Poeira



Ruptura Mecânica
Triturar, moer, esmagar, britar, pulverizar, cortar, serrar, perfurar, polir, lixar, jatear.
Movimentação de Material em Pó
Carregar, descarregar, transferir, despejar, peneiras, ensacar, varrer.


Condensação de vapores de substânciassólidas à temperatura ambiente
Fumos metálicos
Classificação das Partículas
Forma
Influencia os processos de impactação e deposição inércia no sistema respiratório:
Esférica, cúbica, fibrosa, escamas, irregulares
Origem
Mineral: quartzo, asbesto, alumínio, ferro, talco,
Vegetal: madeira, grãos, algodão, palha, bagaço
Animal: peles, couros, pelos, fezes
Tamanho
Define o local dedeposição no sistema respiratório:
Inalável, torácica ou respirável
COMPORTAMENTO DA POEIRA

Material Compacto


Material finamente dividido
VARIAÇÃO DA COMPOSIÇÃO COM O TEMPO
Massa – número de partículas

Sedimentação – partículas maiores
MOVIMENTO BROWNIANO E AGLUTINAÇÃO
Partículas menores

FONTES GERADORAS DE POEIRAS
Operações que envolvam:
. perfuração;
. jateamento abrasivo;
.moagem, britagem, peneiramento,
. corte, serragem, desgaste, ruptura;
. polimento e lixamento;
. moldagem e desmoldagem;
. ensacamento, varrição;
. mistura de material em pó


Atividades onde há exposição à Poeira
- Mineração, pedreira e abertura e túneis
- Construção e corte de pedras
- Fundição e metalurgia
- Indústria naval
- Indústria cerâmica
- Fabricação de produtos abrasivose de limpeza
- Indústria química e farmacêutica
- Fabricação de baterias à base de chumbo
- Remoção de pintura e ferrugem
- Formulação de pesticidas
- Agricultura (colheita e armazenagem)
- Indústria de fiação, tecelagem e vestuário
- Marcenaria e carpintaria

Efeitos das partículas sobre o organismo

Via de penetração → Inalação
composição química
tempo de exposição
concentraçãolocal de deposição →Solubilidade tamanho

Partículas Solúveis →Efeito local
Efeito sistêmico

Partículas Insolúveis → Efeito local → Local de deposição → depende do tamanho da partícula

Fibrogênico – Desencadeia uma reação que produz uma fibrose localizada ou difusa do tecido pulmonar: quartzo, asbesto, alumínio, talco.

Cancerígeno – Afeta os mecanismos reguladores...
tracking img