Tipos de fundações

INTRODUÇÃO

Neste trabalho vamos identificar os tipos de fundações que são usadas em nossas construções, pois sua importância é muito grande, já que toda a carga exercida pelo peso do prédio é transferida para esta parte da estrutura, que a repassa às camadas resistentes do solo, previamente detectadas pelo teste de sondagem e perfil do subsolo.
As fundações se dividem Diretas (Rasas eProfundas) e Indiretas (Estacas).

TIPOS DE FUNDAÇÕES

Fundações Diretas
São aquelas em que as cargas são transmitidas para o terreno através do prolongamento do pilar abaixo do nível do solo com um alargamento em sua base.
Elas podem ser executadas por intermédio de sapatas corridas, sapatas isoladas, blocos, radier ou artificial.

a) Sapatas
A sapata é uma fundação direta, geralmente deconcreto armado, com a forma aproximada de uma placa sobre a qual se apóiam colunas, pilares ou mesmo paredes.Ela pode ser corrida ou isolada.
* Sapata corrida: Executadas em terreno de grande resistência, para pequenas construções, abaixo e ao longo das paredes com função estrutural. Tornam-se econômicas quanto às fôrmas, são contínuas ou até desnecessárias, concretando-se diretamente nascavas. Se o terreno for inclinado, as sapatas não poderão seguir a inclinação do terreno, deverão ser escalonadas em degraus, em nível, para que as cargas sejam transmitidas sempre para o plano horizontal.
* Sapata isolada: Usadas também em terrenos que apresentam uma boa taxa de trabalho e quando a carga a ser distribuída é relativamente pequena. Em geral são feitas em forma de tronco depirâmide e amarradas umas às outras através de cintas ou vigas baldrame.
Embaixo de toda sapata deverá, sempre, ser colocada uma camada de concreto magro (farofa). É um concreto bem seco, sem função estrutural, que tem a finalidade de isolar o fundo da sapata para que o solo não absorva a água do concreto da fundação.

b) Blocos
O bloco é uma fundação direta, geralmente de concreto ciclópico; écomo que uma sapata com grande espessura, formando assim um maciço que dispensa armadura no concreto.

c) Radier
É um processo que tem sido aplicado em construções de casas populares sobre terrenos de pouca firmeza, quando a camada fraca de solo é muito profunda. É como se fosse uma laje, construída sob toda a extensão da obra, no chão.

A ferragem usada no radier será sempre igual à deuma laje, na bitola mínima de 3/8, armada em cruz na parte inferior como na superior, distribuindo a carga por toda a superfície.

d) Artificial
Consiste apenas em uma modificação das condições naturais do terreno, de modo que melhore sua resistência, apoiando-se depois uma sapata ou um bloco sobre o mesmo.
Feita a cava destinada à fundação, podemos adensar o fundo, de modo que fiquemais resistente:
* Apiloando o fundo: Quando se soca o fundo da cava para que a terra fique mais firme; 
* Cravando pedras: Quando pedras são socadas com firmeza para garantir uma constituição melhor da cava que reterá o bloco ou a sapata da fundação; 
* Cravando pequenas estacas: Cravando estacas curtas de concreto quando o terreno está mais fraco; 
* Fazendo um colchão de areia:Socando areia dentro do buraco de forma a envolver a sapata ou bloco.

FUNDAÇÕES INDIRETAS
Se o terreno firme está a grande profundidade, a mais de 6 metros de fundo, não sendo econômico fazer a escavação até encontrá-lo, pode ser indicado o uso de estacas, ou seja, de fundações indiretas ou profundas.
Indicam-se as estacas quando as cargas a suportar pelo terreno são grandes, o terreno épouco resistente na superfície ou resistente a grande profundidade.
Uma grande edificação está firmemente estaqueada. As estacas podem ser de madeira, concreto pré-moldado, aço ou moldadas “in loco”.

a) Estacas de Madeira
As estacas de madeira, empregadas como fundação indireta, são de madeira dura e resistente à ação do tempo. Em geral são troncos de árvore, redondos, lisos, descascados...
tracking img