Tipos de diabetes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3211 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Artigo sobre revisão no uso de opioides na Biblioteca Virtual

A Academia Nacional de Cuidados Paliativos coloca à disposição de seus associados o artigo científico “Uso dos opioides no tratamento da dor no câncer: recomendações baseadas em evidências da European Association for Palliative Care (EAPC)”.

O texto foi originalmente publicado na Revista The Lancet de fevereiro de 2012. É oresultado do trabalho do European Palliative Care Research Collaborative (EPCRC), em nome da EAPC, que envolve pesquisadores e instituições de vários países europeus.

O artigo está em inglês e é possível fazer o download. Lembramos que os direitos autorais pertencem à EAPC e à revista Palliative Medicine. Por isso, faça o download com intuito de estudar e pesquisar.

Boa leitura!

Categoria:Artigo Científico, artigos cientificos| Tags: Academia Nacional de Cuidados Paliativos, câncer, Cuidados Paliativos, dor, European Association for Palliative Care, opioides | Comentários: 0 | Deixe um comentário
Relação entre opioides e câncer: IAHPC divulga novos fatos
24 de abril de 2012

A diretoria da International Association of Hospice and Palliative Care (IAHCP), juntamente com aEuropean Association for Paliative Care (EAPC), divulgou no início de abril um documento em que se posiciona sobre os artigos polêmicos [referências 1,2, 3], publicados na edição de abril do jornal da American Society of Anesthesiologists (ASA). Esses artigos, juntamente com um comunicado à imprensa da Universidade de Chicago [referência 4], sugerem que medicação opioide pode induzir ao câncer.

Comeste documento, a IAHPC vem à público esclarecer e posicionar-se em relação a esse assunto e solicita a todos – médicos, profissionais de saúde, pacientes e cuidadores – que evitem qualquer julgamento precipitado visto que, como será demonstrado a seguir, as evidências não são conclusivas e os benefícios dos opioides ainda superam em muito seus prováveis efeitos negativos.

A diretoria daAcademia Nacional de Cuidados Paliativos (ANCP) concorda com os argumentos da IAHPC e também pede a todos – médicos, profissionais de saúde, pacientes e cuidadores brasileiros – que mantenham seus procedimentos enquanto estudos mais conclusivos não sejam publicados.

Leia, a seguir, o Esclarecimento Público da IAHPC traduzido para o português e, na sequência, o original em inglês.


EsclarecimentoPúblico

Lukas Radbruch, M.R. Rajagopal, Liliana De Lima, Eduardo Bruera, David Currow, Roberto Wenk, Jim Cleary, Carla Ripamonti and Michael I. Bennett, membros do comietê científico da International Association for Hospice and Palliative Care

Apesar da discussão – sobre se opioides induzem ao câncer -acontecer há muito tempo, os estudos, até agora, não são conclusivos. Muitas resultadosforam conseguidos através de pesquisas com células germinais ou de animais, sem aplicação em seres humanos. Opioides interagem com uma vasta gama de receptores e seus efeitos parecem ser diferentes em estudos in vitro (experimentais) e in vivo (com animais ou seres humanos).

Além disso, duas revisões recentes, Afsharimaniet al. 2011[5] and Gach et al 2011[6], concluem que a ação dos opioides nostumores ainda necessita de mais dados, visto que foram observados igualmente dois tipos de efeitos: de crescimento e de inibição.

Gach et al. descrevem que:

a) a morfina – em concentrações clínicas – tem um efeito pró-apoptótico (estimula a morte de células cancerígenas germinais);

b) a morfina inibe a secreção de VEGF (fator de crescimento endotelial vascular produzido por tumoreshipóxicos), reduzindo a angiogênese induzida por câncer (crescimento de novos vasos sanguíneos) e o desenvolvimento da doença;

c) em câncer de cólon, a morfina reduz a propagação das células malignas pela inibição da aderência e da migração dessas células da matriz extracelular (ECM);

d) parece haver um efeito dosagem-dependente: altas doses contínuas de morfina reduzem o crescimento de...
tracking img