Tipos de crimes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1337 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SEGURANÇA OBJETIVA E SUBJETIVA

A questão da segurança pode ser pensada a partir de dois focos: como sentimento presente na sociedade contemporânea e como política pública.
Mas de que forma a segurança é pensada no mundo contemporâneo? O que faz as pessoas sentirem-se seguras?
Atualmente a discussão se torna outra, não mais calçada em construções, mas em tecnologias que busquem omesmo fim. Câmeras de segurança, policiais, guardas, vigias, logações gravadas, circuito interno de televisão e mais um aparato de coisas que nascem supostamente, com um único propósito: segurança. A busca por segurança acaba por reafirmar o senso de desordem, o reinado da insegurança, onde as pessoas precisam buscar seguranças particulares, andar armados, usar carros blindados, trocar o uso dodinheiro por cartões de crédito/débito e infinitas tecnologias inventadas para dar conta desta nova formatação da sociedade.
Bauman (2007), quando trata do assunto, elenca cinco mudanças presentes no mundo contemporâneo, que criam um novo ambiente, trazendo desafios inéditos para os indivíduos. E não é por acaso que uma dessas mudanças é a crescente diminuição da segurança comunal. O que seria essasegurança comunal? Seriam os laços existentes na comunidade, que fazem com que as pessoas, através dos alicerces da silidariedade, sintam-se seguras contra o fracasso e o infortúnio individual. Todavia, existe também um imaginário social, que produz sentimentos de medo e insegurança, medos que podem ser potenciais ou não.
“No imaginário social, os sentimentos de medo e de insegurança levam aconfundir crimes reais e percepções subjetivas sobre os riscos de ser vítima da criminalidade, em proporções inversas. Uma dessas discrepâncias diz respeito à crença de um permanente aumento da delinquência, o que às vezes é real e outras, não”.(SOUZA; MINAYO, 2005,p.919)
O sentimento de medo, trazido talvez pela individualização nas relações sociais, pelo não mais conhecimento do próximo, fazcom que as pessoas sintaqm-se cada vez mais inseguras. Não há comunicação, não há tempo pra conversas e para conhecer e saber com quem se está vizinhando. Esse sentimento de insegurança é um medo constante de sofrer algum dano ou violência, resultando em um afastamento da esfera pública. O lugar passa ser apenas a esfera privada.
O tema segurança pública vem sendo muito discutido nesse iníciode século pois vários fatores podem explicar essa centralidade do assunto: o aumento dos índices de criminalidade, o crescimento do sentimento de insegurança pública e a percepção de que o controle da violência é responsabilidade de todas as instâncias governamentais.
A incidência da criminalidade resulta na redução na intensidade das relações entre as pessoas, colocando a vida em comunidade emsegundo plano, as pessoas acabam mudando os hábitos cotidianos para reduzir os riscos e aumentar a sensação de segurança.
É a partir dessa sensação de insegurança, e deste medo que pode ser objetivo e/ou subjetivo, que as políticas públicas de segurança aparecem como o modo de organizar a sociedade em relação a isso, é a baixa qualidade dos serviços de segurança pública que aumentam osentimento de insegurança da população.
Os estudiosos da violência afirmam que a segurança possui basicamente duas dimensões:
A segurança concreta ou segurança objetiva e a sensação de segurança, que seria a segurança subjetiva.
A segurança subjetiva é a sensação ou percepção pessoal e íntima de segurança experimentada pelos cidadãos. Esta sensação reponde por boa parte de bem-estar e qualidade devida gozada per uma sociedade, embora não possa ser explicada racionalmente nem descrita com precisão.
Já a segurança objetiva pode ser dimensionada como o conjunto de medidas concretas que visam prevenir ações que possam danificar, destruir ou violar bens e direitos das pessoas em espaços públicos ou privados. A segurança objetiva é medida pelo risco real a que estão sujeitos os cidadãos....
tracking img