Tipos de anemia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2247 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Em nosso trabalho abordamos também as principais patologias relacionadas a hemoglobina, em vários aspectos como a causa, consequência, sintomas e achados laboratoriais destas. O Eritrograma é o principal exame para diagnostico de anemias. Ele está entre os exames mais realizados, e revela diversas informações do quadro clinico de um paciente.

O Organismo humano lança mão de uma infraestruturaextremamente complexa para garantir a oxigenação tecidual. Essa infraestrutura envolve a proliferação, a diferenciação celular, que exige um microambiente propício para seu desenvolvimento; o principal é a medula óssea. Envolve os cromossomos que carregam os genes responsáveis pela formação de cadeias polipeptídicas, o metabolismo do heme e a presença do átomo de ferro na medula óssea, oque exigeque o mesmo seja ingerido, absorvido e transportado. (SILVA, 1999, pg.46)
Quando esses sistemas estão funcionando corretamente, o organismo tem um equilíbrio perfeito entre a produção, a circulação e a destruição eritrocitária, e desse modo o eritron (o ciclo vital de uma hemácia) permanece constante e compatível com a faixa etária e sexo. Em adultos do sexo masculino, o limite inferior danormalidade é de 13,5 g/dL. Em mulheres adultas este valor é de 12,6 g/dL. O tempo de vida médio do eritrócito humanos é 120 dias. Após este período sofreram hemólise no baço, fígado, linfonodos e medula óssea.
O entendimento dos processos que participam da formação e da manutenção do eritron é de extrema importância para que se possa interpretar as alterações que os mesmos causam no sangueperiférico. Essas alterações são visualizadas no eritrograma e se bem interpretadas fornecem um caminho para o diagnóstico.

A molécula da hemoglobina
A hemoglobina é uma proteína que transporta o oxigênio para os tecidos e está contida no interior dos eritrócitos. Sua estrutura molecular consiste em quatro cadeias de globinas e quatro grupos heme, em qual está ligado o átomo de ferro que se liga aooxigênio.
Por se tratar de uma proteína sua síntese se inicia no DNA, dependendo da integridade deste para que as cadeias polipeptídicas normais possam ser formadas. Entretanto a formação dos grupos heme se inicia na mitocôndria, formando um anel pirrólico, que após receber o átomo de ferro em seu centro passa a ser chamada de heme ou hemo.
As quatro cadeias de globina presente na hemoglobinasempre se associam duas a duas, sendo duas do tipo alfa com duas cadeias do tipo beta, e a produção dessas cadeias deve estar sempre na relação 1:1.
A absorção do átomo de ferro se dá no duodeno na forma de heme ou na forma livre como íon ferrosos (Fe++). Para que o ferro atravesse a membrana plasmática da célula intestinal, une-se a proteína mobiliferrina. Dentro da célula pode estar com a proteínaferritina para armazenamento ou a transferrina, que o transporta para ser utilizado pelo organismo.
No corpo humano existem vários compartimentos do átomo de ferro. O maior é a hemoglobina , o segundo é a ferritina.

Conceito e classificação das anemias
A anemia pode ser definida como sendo uma concentração de hemoglobina abaixo dos valores normais, levando-se em conta a faixa etária e o sexo.Para o Laboratório de análises clinicas as alterações morfológicas dos eritrócitos e os valores das contantes corpusculares possibilita a interpretação da patologia.
Morfologicamente as anemias podem ser classificadas em :microcíticas e hipocrômicas, normocíticas e normocrômicas e em macrocíticas. Estas são baseadas nos seguintes parâmetros:
HCM (hemoglobina corpuscular média)
VCM(Volume corpuscular médio)
RDW ( red cell distribution width – variação da distribuição do tamanho dos eritrócitos)

Fisiologicamente a classificação leva em conta os seguintes índices:
IPR (índice de produção de reticulócitos)
VCM
RDW
Contagem de Eritrócitos
Concentração de hemoglobina



Tipos de Anemia

Anemia de doenças crônicas...
tracking img