Tipologia de cristo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 47 (11553 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
TIPOLOGIA DE CRISTO
TIPOS DECRISTO
– Instituto Teológico Quadrangular Vida de Cristo e Espiritualidade 15/07/2011 RESUMO: Há muitos tipos, possíveis na Bíblia. No entanto, um evento ou conceito bíblico só pode ser estabelecido como um tipo depois que o texto foi interpretado historicamente e o padrão dos eventos determinado. Conotações tipológicas não podem ser usadas como a primeira abordageminterpretativa de qualquer passagem. A tipologia adequada só pode ser estabelecida após o fato, numa visão retrospectiva, comparando-se os padrões dos acontecimentos históricos ao plano divino para a história, passada e futura. Um tipo é uma impressão feita por uma pessoa, um objeto ou um evento no Antigo Testamento que prenuncia a vinda do Messias, em Sua pessoa e / ou sua obraPalavras-chave: Tipologia; Tipos; Símbolos 1. INTRODUÇÃO: Tipos de Cristo são personagens, animais ou objetos. Estudando a respeito desses personagens, entendemos um pouco mais sobre o caráter de Jesus e do seu ministério. Tais pessoas e fatos, abordados na seqüência, eram sombras da realidade, que é Cristo. Deve lembrar-se que, às vezes a interpretação está especificada claramente e outras vezes implícita.Embora, quando isso é comparado na luz total da Escritura, a interpretação e aplicação podem ser vistas. Isso então se torna uma boa base para uma analogia estendida dos símbolos e tipos. 2. Tipologia O estudo cuidadoso do Antigo Testamento revela elementos chamados tipos (do grego typos) que têm seu cumprimento na vinda do Messias (que é o antítipo); noutras palavras, há uma correspondência entrecertas pessoas, eventos ou coisas do Antigo Testamento e Jesus Cristo no Novo Testamento. Notem-se dois princípios básicos concernentes a essa forma de profecia e seu cumprimento: Para um trecho de o Antigo Testamento prenunciar a Cristo, é preciso sempre analisar o referido com um acontecimento na história divina da redenção, devemos primeiramente analisar o trecho do Antigo Testamento sob oaspecto histórico, e então ver de que modo ele prenuncia a vinda de Jesus Cristo como o Messias prometido. É preciso reconhecer que o cumprimento messiânico de um trecho do Antigo Testamento está geralmente num plano espiritual mais elevado do que o evento registrado no Antigo testamento. Na realidade, os personagens de determinado acontecimento bíblico por

certo não perceberam que o que estavamvivenciando era um prenúncio profético sobre o Filho de Deus que um dia viria aqui. Por exemplo, Davi sem dúvida não percebeu que, ao escrever o Salmo 22, seu sofrimento era uma forma de profecia do sofrimento de Cristo na cruz. Nem os judeus expatriados e chorosos que passavam pelo túmulo de Raquel em Rama (Jr 31.15 “Assim diz o SENHOR: Uma voz se ouviu em Ramá, lamentação, choro amargo; Raquelchora seus filhos; não quer ser consolada quanto a seus filhos, porque já não existem”); sabiam que um dia o seu pranto teria cumprimento profético na morte de todos os meninos de dois anos para baixo, em Belém (Mt 2.18 “Em Ramá se ouviu uma voz, Lamentação, choro e grande pranto: Raquel chorando os seus filhos, E não querendo ser consolada, porque já não existem”). Quase sempre, só à luz do NovoTestamento é que se percebe que um trecho do Antigo Testamento é uma profecia a respeito de nosso Senhor Jesus Cristo. 2.1. Tipos Um número de termos está relacionado ao estudo da tipologia. Ao que se refere à escritura, um tipo é um padrão bíblico, ou uma ilustração bíblica, normalmente extraída do Antigo Testamento, que assume a forma de padrões relacionados a pessoas, acontecimentos ou coisas.Alguns exemplos são: Assim 2.1.2. Typos "TIPO" Romanos 5:14 “No entanto, a morte reinou desde Adão até Moisés, até sobre aqueles que não tinham pecado à semelhança da transgressão de Adão, o qual é a figura daquele que havia de vir” 1ºCoríntios 10:6-11; “E estas coisas foram-nos feitas em figura, para que não cobicemos as coisas más, como eles cobiçaram. 7 Não vos façais, pois, idólatras, como...
tracking img