Thomas hobbes - o pensamento de thomas hobbes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3772 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
EXERCÍCIOS SOBRE O PENSAMENTO DE THOMAS HOBBES 2012
1- O que é LEVIATÃ?

O contexto da obra, é uma grande revolução inglesa e em meio a este panorama Thomas Hobbes, escreve Leviatã, seu livro mais famoso, publicado em 1651. O seu título se deve ao monstro bíblico, cruel e invencível, o Leviatã, o título por extenso é Leviatã ou matéria, forma e poder de um Estado eclesiástico ecivil, trata da estrutura da sociedade organizada.
Do ponto de vista da Teoria Política e do Direito, é o Leviatã, importante, pois Hobbes faz analogia ao poder do estado absoluto, destacando o símbolo de dois poderes, o civil e o religioso, e na a segunda parte, onde detalha a sua visão de Estado.
O seu texto expressa a preocupação com o ordenamento jurídico e institucional do Estado, no momentohistórico que antecedeu a grande revolução burguesa que mais tarde consolidou o sistema capitalista. Momento em que a igreja já não apresenta um poder absoluto sobre a maioria, e as idéias questionadores de pensadores como Hobbes, colocam novas vistas para uma sociedade, que viva sob o julgo da Igreja.

2- O que representa o LEVIATÃ?

O Leviatã é um grande homem artificial, de maior força eestatura que um homem natural, sendo idealizado para defesa. Para determinar o homem artificial, primeiro Hobbes considera a matéria e o artífice – que são homem; segundo, como e por meio de que convenção esse é feito, quais são os direitos, o justo poder ou mesmo a autoridade de um soberano, sendo também necessário que se veja o que o preserva e o que o desagrada; em terceiro, a pergunta o que éuma república cristã; quarto, o reino das trevas.
No Leviatã Hobbes (1587-1666) defende que os homens vivem no Estado Natural, sem a existência da sociedade civil, há necessariamente competição entre os homens pela riqueza, segurança e glória. Para coagir este Estado de Natureza, o Leviatã, surge para representar o poder de coerção que o Estado exerce sobre todos, imputando normas, regras epenalidades, tanto em campo material, como espiritual.
Assim, o conflito entre os homens não pode ser resolvido no campo da ética, o único caminho para determinar certo acordo é o campo da política, portanto o estabelecimento de um poder comum a todos, Hobbes resume dizendo que onde não há poder, não pode existir lei, da mesma forma que onde não há lei não existe justiça, sendo que a autoridade quemfaz a lei, e não a verdade.
3- Conceituar e explicar a Teoria Contratualista
Surgida no séc XVI, tinha como base a idéia de que a sociedade nasce a partir de um contrato. O fundamento da Teoria Contratualista, defende que o homem sai do Estado de Natureza e adentra no estado civil, através da conveção de um contrato ou um pacto, criando um estado civil.
Hobbes é defensor do absolutismo, esua justificativa para essa forma de governo é estritamente racional, livre de qualquer tipo de religiosidade e sentimentalismo. Ele criou uma teoria que fundamenta a necessidade de um Estado Soberano como forma de manter a paz civil. É aqui que Hobbes se aproxima de Maquiavel e do seu empirismo radical, a partir de um método de pensar rigorosamente dedutivo. Em sua construção hipotética partiu docontrário, ou seja, iniciou sua teoria a partir dos homens convivendo sem Estado, para depois justificar a necessidade dele. Esse estágio do convívio humano sem autoridade recebe o nome de estado natural.
Na filosofia de Hobbes há dois preceitos que precisam ser analisados se se quiser entender o pensamento do autor. São o direito e a lei naturais, para Hobbes o único caminho para constituir umpoder comum, capaz de defender os homens contra a invasão dos estrangeiros e contra as injúrias alheias, assegurando-lhes de tal sorte que por sua própria atividade e pelos frutos da terra possam nutrir-se e viver satisfeitos, é conferir todo o poder e fortaleza a um homem ou a uma assembléia de homens, o que, por pluralidade de votos, possam reduzir suas vontades a uma vontade. Isto equivale...
tracking img