Thomas Hobbes e John Locke

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (542 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de maio de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
Thomas Hobbes

Thomas Hobbes foi um filósofo inglês que defendeu uma versão do contratualismo, segundo o qual os seres humanos estabelecem um pacto para superar uma ´´Guerra´´ noEstado de Natureza.Segundo Hobbes, o Estado de Natureza é uma situação em que o homem vive isoladamente e luta para satisfazer suas necessidades pessoais.
A partir desse Estado deNatureza em que o homem vive isolado.Hobbes criou o Pacto Social(Contrato Social), nesse contrato o homem vai abrir mão de sua liberdade em favor de um governo. Com o Pacto Social,os homens abririam mão desua liberdade em favor de um governo soberano.Sem o pacto os homens viveriam em uma eterna guerra de todos contra todos.
Para Thomas Hobbes o Estado Moderno é o Estado Absolutista (sob ogoverno de um soberano). Se ao criar o Estado e o poder soberano, os homens abandonam o Estado de Natureza e criam uma sociedade através do contrato social.
Na obra Leavitã(HOBBES,Thomas.Leavitã.Tradução de Paulo Monteiro e Maria Beatriz Nissa da Silva.São Paulo : Abril Cultural,1983.Coleção Os Pensadores),Hobbes mostrou seus pontos de vista sobre a natureza humana e como o homemprecisa viver em sociedade e também sobre o Governo.

John Locke

John Locke foi um filósofo inglês que defendeu o empirismo,segundo o qual o conhecimento humano é originado da observação e da experiência .Foi considerado fundador do Liberalismo ,pois apesar da sociedade estar fundada sobre um contrato, todos os homens sãolivres e tem direitos iguais .Considera que, para o homem preservar seus Direitos Naturais, como sua liberdade e propriedade, eles precisam de um soberano.
Defendeu o contratualismo porconsiderar que é uma obrigação da sociedade civil garantir os Direitos Naturais dos seres humanos. Necessitam de um soberano ,mas o soberano deve ter seu poder limitado ,também não devem suspender os...
tracking img