Tgs e sistemas de informacao

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2692 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Teoria Geral de Sistemas
e Sistemas de Informação

Overview

Observação

Os resumos e citações aqui apresentados não substituem os livros referenciados; apenas visam servir de guia para o estudo e pesquisa dos temas tratados e facilitar seu ensinamento em sala de aula.
I - OS SISTEMAS

1.1 Conceitos

Num conceito amplo, entende-se por sistema um conjunto de elementos (componentes ousubsistemas) - das mais variadas espécies - que atuam interligados e de maneira interagente para atingirem objetivos específicos: a finalidade do sistema.

Os sistemas mantém uma forte relação com a Administração, especificamente em funções Organização e Métodos das Empresas, conforme as definições a seguir: “É um tipo de estruturação que visa o estabelecimento da orientação técnica, de formasistêmica, entre órgãos que exercem atividades-meios.”. Ainda: “Sistema é um conjunto de partes coordenadas para realizar um conjunto de finalidades, qualquer que seja a atividade exercida (meio ou fim)”.

Para que o sistema atinja seus objetivos são necessários mecanismos de retroação (“feedback”), que garantem o perfeito funcionamento dos seus subsistemas. Os resultados obtidos (pelo sistema epelos seus subsistemas) são controlados (comparados) com os resultados esperados e, quando necessário, entram em ação mecanismos de ajuste ou correção (regulagem), que atuam nas entradas e no funcionamento dos subsistemas para garantir o funcionamento regular do sistema: a sua homeostase, também chamado “estado firme”.

1.2 As Bases da Teoria Geral sobre os Sistemas

As bases de conhecimentoque apoiam os conceitos sobre sistemas foram estabelecidos formalmente a partir da década de 40, abrangendo diversas especialidades e aplicações, entre as quais destacam-se: Pesquisa Operacional, Teoria de Jogos e Filas, a Cibernética e a própria Teoria Geral dos Sistemas como uma área específica.

Apresentam-se aqui apenas alguns conceitos básicos de cada uma delas, sem entrar na discussãoconceitual das igualdades, diferenças e contribuições de cada uma.

Ao final da década de 30 e no início da de 40 surgiram importantes grupos de aplicação da Pesquisa Operacional (métodos de cálculo para otimização dos resultados dos sistemas) nas questões militares. Duas propostas contemporâneas contribuiram diretamente para a formulação das bases teóricas sobre os sistemas: a Cibernética e a TeoriaGeral de Sistemas.

O enfoque sistêmico foi adotado como resultante da ampliação da perspectiva dos cientistas em relação à forma de examinar e conceber alternativas viáveis para a solução de problemas complexos, principalmente na área de Ciências Sociais, onde se enquadra a Administração. Esse enfoque sistêmico decorre do fato de que os problemas (sistemas) desta natureza são interligados e sesobrepõem parcialmente, não sendo claro, de modo algum, por onde se deve começar. Desta forma, a solução de um problema tem muito a ver com a solução de outro.

1.3 A Cibernética

Norbert Wiener lançou as bases da teoria sobre os sistemas em 1948, através do livro-chave-definição Cibernética ou Controle e Comunicação no Animal e na Máquina. Numa publicação posterior - Cibernética eSociedade: O uso humano de seres humanos, o autor apresentou a idéia mais ampla, de um universo contingente e desenvolve toda a sua abordagem sistêmica. O núcleo dessa abordagem é a proposição de que a comunicação (a informação) e o controle (a regulagem) existentes naturalmente no indivíduo e na sociedade - para sua regulação e para seu desenvolvimento - deveriam ser imitados pelas máquinas procurando,assim, gerar condições para seu autocontrole e auto-regulação de funcionamento, independente da ação humana externa.

De acordo com a conceituação da Cibernética, um sistema é um conjunto auto-regulado de objetos interligados, cujo funcionamento (processamento ou não) tem a finalidade alcançar resultados específicos. Esses objetos tanto podem ser físicos, como as partes de um máquina, quanto...
tracking img