Tga iso ( o world, corrige automaticamente o 'iso' para 'isso"

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4907 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE NOVE DE JULHO – UNINOVE


















ISO



Trabalho apresentado a Universidade Nove de Julho – UNINOVE, como exigência da disciplina Teoria Geral de Administração.


Professor: Laurent





























Segundo ao livro gestão de qualidade ISO9001:2008

A EVOLUÇAO DO CONCEITO E DA PRATICA DE GESTAO DE QUALIDADE

O sistema da qualidade do ISSO 9001:2008 fundamenta-se nos princípios de gestão de qualidade, resultando na evolução do conceito e da pratica da qualidade nas ultimas décadas e das contribuições dos gurus da qualidade. Assim este capitulo apresenta um breve histórico da evolução do conceito e da pratica da qualidade queresultou no advento da gestão pela qualidade total, e finaliza com um breve histórico das normas da serie ISSO 9000.

O Conceito da Qualidade

O conceito da qualidade se evoluiu ao longo do século xx passando por quarto estágios marcantes a inspeção do produto, o controle do processo, os sistemas de garantia da qualidade e a gestão de qualidade total (ou TQM- total quality management) e ossistemas da gestão da qualidade total série ISSO 9000 são resultados importantes dessa evolução, que tem sido largamente adotado por inúmeras organizações no Brasil e no exterior, como parte da estratégia das empresas para ganhar ou aumentar a competitividade.

O conceito de qualidade também evoluiu ao longo das décadas. Até o inicio dos anos 50, a qualidade do produto era entendida como sinônimo deperfeição técnica. Ou seja, resultado de um projeto e fabricação que conferiam perfeição técnica do produto. A partir da década de 50, com a divulgação do trabalho de Joseph Juan (1990), Deming (1990) e Feigenbaun (1991), percebeu-se que qualidade deveria estar associada não apenas ao grau de perfeição técnica, mas também ao grau de adequação aos requisitos do cliente. Qualidade então passou a serconceituada como satisfação do cliente quanto à adequação do produto ao uso.  A ISO adota essa conceituação ao definir qualidade como “grau no qual um conjunto de características inerentes satisfaz a requisitos” (ISO, 2000).

 

 

 

1.2 A PRATICA DA GESTAO DA QUALIDADE

Ate a primeira metade do século passado, a pratica da gestão de qualidade era voltada para a inspeção e controle dosresultados dos processos de fabricação, para garantir a conformidade dos resultados com as especificações. Portanto limitado ao processo de fabricação. Entretanto nas ultimas décadas a gestão da qualidade ganhou uma nova dimensão, expandindo- se para as etapas mais a montante e jusante do ciclo de produção, envolvendo toda a organização. Contribuiu para isso o trabalho pioneiro de Juram, que,tendo reformulado o conceito de qualidade percebeu que a adequação do produto ao uso dependia de varias atividades (chamadas por eles de função de qualidade) ao longo do ciclo produtivo de um produto, que se realizadas levariam ao que ele chamou de inspiral

 Do progresso. Uma contribuição similar foi dada por Feigenbaun (1991), que, em 1951, da qualidade como: controle de projeto; controle dematerial recebido; controle de produto. Estudo de processos especiais

Portanto Juram e Feigenbaum estabeleceram o entendimento da importância de um conjunto de atividades ao longo da cadeia produtiva, visando à satisfação do cliente quanto à adequação de um produto de seu uso. Essas atividades, integradas aos processos primários, tem como propósito garantir a adequação do produto ao uso que esperadele. Essas contribuições de Juram e Feigenbaun foram fundamentais para o surgimento, anos mais tarde, de sistemas de garantia da qualidade, que evoluíram para os atuais sistemas de gestão da qualidade.

Assim como Juram e Feigenbaum, William Edwards De Ming tornou- se um dos mais reconhecidos e influentes pioneiros da qualidade, especialmente no Japão e, mais tarde, nos Estados Unidos....
tracking img