Textualizar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (268 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
3 REVISÃO BIBLIOGRÁFICA
3.1 Habitação
“Habitação sf. 1. Ato ou efeito de habitar. 2. Lugar ou casa
onde se habita.” (FERREIRA, 1977)
Segundo Abiko (1995) habitaçãopode ser definida, generalizando-se, como
um tipo de abrigo. Desde o início da humanidade o homem vê a necessidade de
abrigar-se, sendo espaços naturais, cavernas e árvoresas primeiras formas de
habitação conhecidas pelo homem. Tais habitações serviam para proteger o ser
humano das intempéries e de intrusos que pudessem vir a prejudicá-lo.Com o decorrer do tempo o homem passou a formar pequenas aldeias ou
meros agrupamentos de moradias. Foi a partir deste agrupamento que surgiram os
centros urbanosconhecidos atualmente. Com o desenvolvimento dos centros
urbanos, o conceito de abrigo para as habitações continuou a existir, mas elas
passaram a ser, também, os locaisocupados pelos residentes nos períodos entre
jornadas de trabalho (ABIKO, 2006).
Abiko também cita que para que as habitações cumpram suas funções mais
básicas não basta queelas se consistam de um espaço confortável, seguro e
salubre, é necessário que esta habitação também esteja instalada de forma correta
ao seu entorno, ao ambiente que acerca. Este conceito de habitação não se
restringe apenas à habitação propriamente dita, deve-se também ser considerado o
ambiente a sua volta.
Segundo a Fundação JoãoPinheiro (FJP, 2007), moradias inadequadas
implicam em condições indesejáveis de habitação. Inadequações que podem refletir
na qualidade de vida dos moradores. Deve-se terem vista que conceitos de
adequação de moradias são diferenciados de acordo com a localização. Conceitos
de adequação rural podem ser diferentes do conceito de adequação
tracking img