Texto psicologia e educação desafios teórico-práticos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (286 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Texto
- PSICOLOGIA E EDUCAÇÃO desafios teórico-práticos

Para a psicologia não existe natureza humana, existe a condição humana. Essa idéia, que pode parecer banal aprincípio, gera, na verdade, grandes diferenças nas concepções em Psicologia. Isso porque a concepção nada nos ajuda, pois empobrece nossas leituras, atribuindo ao homem um conteúdonatural que deve ser todas as possibilidades de desenvolvimento.

Ao lermos sobre o liberalismo sendo uma visão do mundo, notamos que está fundamentado na ideia de que cada homem éum ser moral, possuidor de direitos, que lhe são dados pela sua própria condição de homem.

Ao ocorrem transformações a burguesia passa a usufruir delas para se emancipar epara poder transformar o universo em fonte de riquezas para a produção de mercadorias. A nova forma social enfatizava a razão humana, a liberdade, a possibilidade de transformaçãodo homem.
O individuo vai então se tornando valor central e referência básica para as produções cientifica e culturais.

A partir de 980 os psicólogos vão se inserindo naslutas da sociedade civil. Essa inserção e participação de categoria são feitas via entidades representativas: sindicatos, conselhos regionais, federação e CFP.

Ao começar aintroduzir o assunto sobre a juventude, notasse que a rebeldia é colocada como algo criado pelo homem, algo que não vem de sua própria natureza. Sendo necessário à correção, que muitasdas vezes é passada para a escola, tornando-se assim uma fortaleza que os protegerá da vida social.

O saber escolar não é visto como um saber sócia. A cultura ensinada naescola não é vista como um produto social. Tudo fica naturalizado e aquilo que “está sendo” passa a ser considerado o que “deve ser”, porque é visto como verdadeiro e natural.
tracking img