Texto para as questões de 5 a 7

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (452 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Texto para as questões de 5 a 7

1 Poucos depoimentos eu tenho lido mais emocionantes
que o artigo-reportagem de Oscar Niemeyer sobre sua
experiência em Brasília. Para quem conhece apenas oarquiteto,
4 o artigo poderá passar por uma defesa em causa própria — o
revide normal de um pai que sai de sua mansidão costumeira
para ir brigar por um filho em quem querem bater. Mas, para
7 quemconhece o homem, o artigo assume proporções
dramáticas. Pois Oscar é não só o avesso do causídico, como
um dos seres mais antiautopromocionais que já conheci em
10 minha vida.
Sua modéstia não é,como de comum, uma forma
infame de vaidade. Ela não tem nada a ver com o conhecimento
13 realista — que Oscar tem — de seu valor profissional e de suas
possibilidades. É a modéstia dos criadoresverdadeiramente
integrados com a vida, dos que sabem que não há tempo a
16 perder, é preciso construir a beleza e a felicidade no mundo,
por isso mesmo que, no indivíduo, é tudo tão frágil e precário.Oscar não acredita em Papai do Céu, nem que estará
19 um dia construindo brasílias angélicas nas verdes pastagens do
Paraíso. Põe ele, como um verdadeiro homem, a felicidade do
seu semelhante noaproveitamento das pastagens verdes da
22 Terra; no exemplo do trabalho para o bem comum e na criação
de condições urbanas e rurais, em estreita intercorrência, que
estimulem e desenvolvam este nobrefim: fazer o homem feliz
25 dentro do curto prazo que lhe foi dado para viver.
Eu acredito também nisso, e quando vejo aquilo em
que creio refletido num depoimento como o de Oscar
28 Niemeyer,velho e querido amigo, como não me emocionar?

Vinicius de Moraes. Para viver um grande amor.
Rio de Janeiro: J. Olympio, 1982, p. 134-5 (com adaptações).

*QUESTÃO 6*

Julgue (C ou E) os itens aseguir, relativos às estruturas linguísticas
do texto.

1 - Ao empregar as expressões “Papai do Céu” (R.18) e
“verdes pastagens do Paraíso” (R.19-20), o autor do texto
demonstra neutralidade...
tracking img