Texto de felipense - - william barclay

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 135 (33590 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
FILIPENSES
ÍNDICE

PHILIPPIANS
WILLIAM BARCLAY
Título original em inglês:
The Letter to the Philippians

Tradução: Carlos Biagini

O NOVO TESTAMENTO Comentado por William Barclay
… Introduz e interpreta a totalidade dos livros do NOVO
TESTAMENTO. Desde Mateus até o Apocalipse William Barclay
explica, relaciona, dá exemplos, ilustra e aplica cada passagem, sendo
sempre fiel e claro,singelo e profundo. Temos nesta série, por fim, um
instrumento ideal para todos aqueles que desejem conhecer melhor as
Escrituras. O respeito do autor para a Revelação Bíblica, sua sólida
fundamentação, na doutrina tradicional e sempre nova da igreja, sua
incrível capacidade para aplicar ao dia de hoje a mensagem, fazem que
esta coleção ofereça a todos como uma magnífica promessa.
PARA QUECONHEÇAMOS MELHOR A CRISTO
O AMEMOS COM AMOR MAIS VERDADEIRO
E O SIGAMOS COM MAIOR EMPENHO

Filipenses (William Barclay)

2

ÍNDICE
Prefácio
Introdução Geral
Introdução Geral às Cartas Paulinas
Introdução à Carta aos Filipenses
Capítulo 1
Capítulo 2
Capítulo 3

Capítulo 4

PREFÁCIO A FILIPENSES, COLOSSENSES, 1 E 2
TESSALONICENSES
Novamente queria agradecer ao Comitê dePublicações da Igreja de
Escócia e especialmente a seu secretário e diretor o Rev. Andrew
M'Cosh, M.A., S.T.M. e seu coordenador o Rev. W. M. Campbell, B.D.,
Ph.D., D. Litt, em primeiro lugar por me permitir escrever estes volumes
de Estudos Bíblicos Diários, e em segundo termo porque agora farei a
reimpressão como nova edição.
Este volume contém notas das Epístolas de Paulo aos Filipenses,Colossenses e Tessalonicenses. Cada uma destas Cartas tem sua própria
e especial importância.
A Epístola aos Filipenses foi chamada "a Epístola dos ensinos
excelentes". Não é uma Carta difícil de entender e para muitos é a Carta
mais encantadora e atrativa que Paulo jamais escreveu.
A Epístola aos Colossenses é ao mesmo tempo uma das mais
eminentes e entre as mais difíceis que Paulo tratou. Emnenhuma parte
alcança Paulo tal altura em seus escritos sobre a pessoa e a obra de Jesus.
Aqui está o pensamento paulino a respeito de Jesus em sua grandeza
maior.
A Primeira e Segunda Epístolas aos Tessalonicenses são, com a
possível exceção da Epístola aos Gálatas, as primeiras Cartas de Paulo.
Elas são de especial importância nas quais Paulo ensina a suas primeiras
Igrejas, e em particularelas contêm alguns dos mais precisos ensinos da

Filipenses (William Barclay)
3
Segunda Vinda. Aquele que estude estas quatro Cartas verá o
pensamento de Paulo em vários de seus mais altos alcances e aspectos.
Os comentaristas estiveram muito acertados na interpretação de todas
estas Cartas.
Ninguém pode escrever sobre as Cartas aos Filipenses e
Colossenses sem estar profundamenteagradecido a grande tarefa de J. B.
Lightfoot, cuja categoria de notável intérprete vê-se ao ter obtido um dos
maiores Comentários nunca escritos. Constantemente segui os
Comentários de C. J. Ellicott. O Comentário de M. R. Vincent em The
International Critical Commentary é de fundamental importância a
respeito da Epístola aos Filipenses. Tem muito de proveito no texto
inglês da Carta o Comentáriode H. G. C. Moule na antiga Cambridge
Bible for Schools and Colleges, por J. H. Michael en el Moffatt
Commentary, e os dois Comentários devocionais por H. G. C. Herklots e
C. E. Simcox.
Na Epístola aos Colossenses o volume de C. F. O. Moule no novo
Cambridge Greek Testament é inestimável, e o tomo no Moffatt
Commentary por E. F. Scott mostra seu caráter proveitoso e lúcido.
No texto gregoda Primeira e Segunda Tessalonicenses há dois
grandes Comentários: o de G. Milligan, na Macmillan Series of
Commentaries, e o de J. E. Frame no International Critical Commentary.
Ambos alcançam categorias entre os maiores de todos os English New
Testament Commentaries. No texto inglês o volume no Torch
Commentary e o do Moffatt Commentary foram escritos por W. Neil, e
são ambos os...
tracking img