Texto: castello, f.g. grupo sadio e organização neurótica: quem é o dono do destino? in: moscovici, f. equipes dão certo. rio de janeiro: josé olympio, 1996.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (290 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Texto: CASTELLO, F.G. Grupo sadio e organização neurótica: quem é o dono do destino? In: MOSCOVICI,F. Equipes dão certo. Rio de Janeiro: José Olympio, 1996.




O texto referencia,primeiramente, ao comportamento de Édipo que ao tentar fugir de seu destino fez com que os acontecimentos se concretizassem. Assim como Édipo os grupos também estão sujeitos a enfrentardiversos tipos de situações, que talvez não estivessem programadas.
Essas situações corriqueiras podem levar às chamadas organizações neuróticas, mencionadas pela autora. Um tipo deorganização que são abaladas e não trazem um ambiente favorável, gerando competições, desmotivação e um ambiente instável.
É certo que o medo da mudança acaba fazendo com que as organizaçõescontinuem agindo da mesma maneira. As pessoas criam dentro do ambiente organizacional certos vínculos com os processos executados, se tornando resistentes às mudanças e inovações. Desta forma, mudar einovar se torna uma tarefa difícil, mesmo quando há necessidade de haver essa transformação.
Bion definiu três pressupostos básicos que estão presentes nos grupos, são eles:Pressuposição de dependência, que é o aspecto de aceitação de autoridade; Pressuposição de luta/fuga é o aspecto de contato com o ambiente externo, as alternativas de lidar com pessoas; e por último oPressuposição de acasalamento, referente aos instintos sexuais.
A transformação de grupo em equipe se dá quando os pressupostos básicos de Bion são frustrados sistematicamente, as pessoas passam aagir com interdependência, dialogando e co-laborando.
Acreditamos que uma organização neurótica não proporciona um ambiente favorável à equipe. O ambiente frustrante de uma organizaçãoneurótica faz com que as tarefas sejam executadas de com menos eficiência. A autora propõe que é necessário que as equipes se tornem mais lúcidas, sabendo agir dentro do contexto em que estão...
tracking img