Teste

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (293 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Lagarde classificou o referendo como um "soluço" nos esforços para resolver a crise de dívida da zona do euro. Mas, segundo ela, ainda há esperanças de uma recuperação econômicaglobal através de uma ação "corajosa e de cooperação" de líderes mundiais.

Apesar de não estar prevista anteriormente, a crise grega entrou na agenda do G20, que reúne líderes dos vintepaíses mais poderosos do planeta, que será realizada nesta quinta e sexta-feira em Cannes. Se já estava totalmente tomada pela pauta europeia, agora a reunião de cúpula das maioreseconomias do mundo ficou travada pela decisão de Papandreou de realizar um referendo sobre o resgate da União Europeia.

Economistas e governos temem que o referendo possa forçar aGrécia a dar default em suas obrigações relativas à dívida e fazer com que a crise engula algumas das maiores economias

Alguns membros do partido de Papandreou pediram que ele deixe ocargo, acusando-o de pôr em perigo a participação da Grécia na zona do euro com sua decisão surpresa de convocar um referendo, em uma atitude que derrubou o euro e os mercados globais.'O referendo será uma mensagem clara para dentro e para fora da Grécia sobre nossa história europeia e participação na zona do euro', disse Papandreou em uma reunião de gabinete.'Ninguém será capaz de duvidar sobre a continuidade da Grécia na zona do euro.'

A expectativa é que o Parlamento grego vote a realização do referendo até sexta-feira. Apesar daexpectativa de que o governo consiga a aprovação do voto de confiança, alguns analistas acreditam que o grande teste no Parlamento será o projeto do referendo. Segundo a Constituição grega, ogoverno precisa de maioria simples no Parlamento, que tem 300 cadeira, ou seja, 151 votos. O Pasok atualmente tem 152 legisladores, mas quatro já se mostraram contra o referendo.
tracking img