Teste

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (270 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
No caso de uma carga junto ao apoio
com esforço axial, [6] e [8] indicam
uma expressão, que relaciona a força
que deve ser suspensa com o nível de
esforço axial(N). Pelaobservação da
figura 10, verifica-se que a equação
proposta conduz a valores de forças
de tracção verticais ligeiramente
inferiores aos obtidos do MEF.
O modelo deescoras e tirantes para este caso está
representado na fig. 11, assim como o correspondente
campo de tensões. Os resultados obtidos, para a força de
tracção vertical, daanálise elástica de elementos finitos
foram comparados com os obtidos através da minimização
da energia de deformação, assumindo que não existe
fendilhação (CTelastico). Paraeste caso a adopção de uma lei
que tenha em consideração a contribuição do betão entre
fendas, para os tirantes do modelo (CTfend), pode conduzir a
uma redistribuição detensões internas mais importante,
obtendo-se resultados que poderão diferir dos obtidos da
teoria da elasticidade. Esta análise foi efectuada para um
nível de compressão médiode 3MPa.
5. CONSIDERAÇÕES FINAIS
Apresenta-se e desenvolve-se uma metodologia, baseada
em critérios energéticos, para selecção e avaliação da qualidade dos modelos dedimensionamento e verificação da segurança, de zonas de descontinuidade. Aplica-se o método
proposto ao estudo de algumas situações usualmente tratadas com base na aplicação deregras
semi-empíricas. Os resultados obtidos, através da minimização da energia de deformação
assoaciada aos campos de tensões de modelos de escoras e tirantes, permitem umaclara
percepção do problema, quer em termos qualitativos como quantitativos, no que respeita ao
comportamento estrutural em serviço e na rotura de zonas de continuidade.
tracking img