Teste

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1414 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Leitor iniciante

Leitor em processo

Leitor fluente

PEDRO BANDEIRA Mais respeito, eu sou criança!
ILUSTRAÇÕES: ODILON MORAES

PROJETO DE LEITURA Maria José Nóbrega Rosane Pamplona

,Mais respeito, !eu sou criança!
PEDRO BANDEIRA

UM POUCO SOBRE O AUTOR Nascido em Santos, São Paulo, em 1942, Pedro Bandeira mudou-se para a cidade de São Paulo em 1961. Trabalhou em teatroprofissional como ator, diretor e cenógrafo. Foi redator, editor e ator de comerciais de televisão. A partir de 1983 tornou-se exclusivamente escritor. Sua obra, direcionada a crianças e jovens, reúne contos, poemas e narrativas de diversos gêneros. Entre elas, estão: É proibido miar, Malasaventuras — safadezas do Malasarte, O fantástico mistério de Feiurinha, Cavalgando o arco-íris, O mistério da fábricade livros, Pântano de sangue, Anjo da morte, A droga do amor, Agora estou sozinha..., A droga da obediência, Droga de americana! e A marca de uma lágrima. Recebeu vários prêmios, como Jabuti, APCA, Adolfo Aizen e Altamente Recomendável, da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil.

RESENHA “Prestem atenção no que eu digo, pois eu não falo por mal: os muito adultos que me perdoem, masinfância é sensacional!” Vocês já esqueceram, eu sei. Por isso eu vou lhes lembrar: pra que ver por cima do muro, se é mais gostoso escalar?”
2

Será que alguém já se esqueceu de como é gostoso ser criança? Criança que é um soldado corajoso na defesa nacional, que não tem medo de injeção, muito menos de hospital! Criança que quer a vida até o fundo, que quer aprender o mundo, que tem de conviver com ainsensatez dos adultos, que reconhece seus pequenos erros, que reflete sobre brancos e negros, que questiona: por que tudo neste mundo é feito para complicar? Enfim, criança que tem vontade de dizer: mais respeito, eu sou criança!

COMENTÁRIOS SOBRE A OBRA Esta deliciosa antologia é dividida em três partes: “Eu comigo mesmo”, em que a criança filosofa sobre seu próprio comportamento esentimentos; “Eu e os outros”, em que ela fala de suas relações com os que a rodeiam, o pai, a mãe, o gatinho, o vizinho; e “Eu e o que penso”, em que diz o que pensa sobre uma série de assuntos importantes para ela: os dois lados da minhoca, os números, as letras. Todos esses poemas, além de incentivarem um processo de criação artística, propiciam um profícuo debate sobre temas significativos para todos:o erro, o preconceito, a questão da identidade, das expectativas com o futuro, os sonhos e muitos outros. Áreas envolvidas: Língua Portuguesa, Educação Artística Temas Transversais: Ética, Pluralidade cultural, Meio ambiente Público-alvo: Leitor fluente

PROPOSTAS DE ATIVIDADES Antes da leitura: 1. Mostre à classe a capa do livro. Pergunte-lhes o que imaginam que vão ler. Promova um debate sobreo conteúdo da frase: “Mais respeito, eu sou criança!”. Eles se sentem desrespeitados às vezes? Quando? 2. Observem juntos as ilustrações que compõem o livro para que eles descubram que apenas três são compostas por silhuetas em preto. Antecipe-lhes a subdivisão do sumário para que percebam que essas ilustrações diferentes introduzem cada uma dessas partes. A partir das imagens e do subtítulo,peça que explicitem as expectativas que têm a respeito do conteúdo dos poemas.
3

Durante a leitura: 1. Peça que, durante a leitura dos poemas, verifiquem se as hipóteses levantadas a respeito dos assuntos abordados em cada uma das partes se confirmam. 2. Enquanto lêem os poemas, proponha que observem as ilustrações para ver se reforçam o que o poema diz ou se elas sugerem coisas diferentes. 3.Muitas vezes o leitor se identifica com um personagem de uma história ou com alguma passagem que toca sua alma. Sugira que pensem se alguma situação tratada nos poemas tem alguma coisa em comum com sentimentos que já tenham experimentado ou experiências que já tenham vivido.

Depois da leitura: 1. Muitas das situações descritas nos poemas são familiares às crianças. Uma delas, por exemplo, é a...
tracking img