Tese sobre producao de mnoveis

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 28 (6951 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
31 de Julho a 02 de Agosto de 2008

GESTÃO DE ESTOQUES NO PROCESSO DE FABRICAÇÃO: UM ESTUDO DE CASO NA INDÚSTRIA DE PROCESSAMENTO DE MADEIRA

Marcelo Luis Mailho (UNESP) mmailho@yahoo.com Vagner Cavenaghi (UNESP) vcavenaghi@uol.com.br

Resumo A busca por bons resultados é uma prática ou mesmo uma atividade constante entre as empresas que pretendem manter-se competitivas, ou no mínimopermanecerem no mercado. Sendo assim, este artigo tem como objetivo explorar os principais instrumentos disponíveis para a gestão de estoques intermediários em processos de manufatura, como fonte potencial de vantagem competitiva, apresentando uma revisão conceitual sobre os seguintes temas: gestão de produção, logística, desperdícios na produção e gestão de estoques intermediários. Quanto ao enfoqueprático o artigo apresenta uma análise de redução dos estoques intermediários em uma linha de produção de chapas de MDF (Médium Density Fiberboard).

Abstract Good results is an one practical or same constant activity between the companies whom they intend to remain itself competitive, or at the very least to remain in the market. Being thus, this article has as objective to explore the mainavaiilable instruments for the management of intermediate supplies in manufacture processes, as potential source of competitive advantage, presenting a conceptual revision on the

IV CONGRESSO NACIONAL DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO
Responsabilidade Socioambiental das Organizações Brasileiras
Niterói, RJ, Brasil, 31 de julho, 01 e 02 de agosto de 2008

following subjects: management of production,logistic, wastefulnesses in the production and management of intermediate supplies. The practical approach the article presents an analysis of reduction of the intermediate supplies in a line of MDF plate production. Palavras-chaves: gestão de estoques intermediários, desperdícios de estocagem, logística

IV CNEG

2

IV CONGRESSO NACIONAL DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO
Responsabilidade Socioambientaldas Organizações Brasileiras
Niterói, RJ, Brasil, 31 de julho, 01 e 02 de agosto de 2008

1. Introdução
De um modo geral, a configuração organizacional e tecnológica dos modernos sistemas de produção responde, em princípio, às exigências dinâmicas do mercado industrial, submetido às grandes transformações que modificaram profundamente os métodos de concepção dos produtos, bem como seus modosde fabricação e distribuição. A gestão de estoques vem ganhando força no cenário de empresas competitivas, e segundo Moura (2004) ter estoques no passado era considerada uma estratégia de mercado que visava assegurar preços, faltas ocasionais, etc., porém atualmente é um indicador de custo que preocupa administradores com visão global do processo da Gestão de Estoques. As empresas atualmentededicam muito tempo procurando meios para diferenciar seus serviços e produtos da concorrência. Para Ballou (2001), quando a alta direção das empresas percebe que o gerenciamento da cadeia de suprimentos afeta diretamente os custos da empresa e impacta diretamente no nível de serviço ao cliente, passam a utilizá-la como estratégia eficaz para penetrar em novos mercados e maximizar sua lucratividade.Lima e Zawislak (2001), afirmam que, tem-se desta forma a aplicação dos conceitos enxutos agindo na organização e gestão da produção dentro da empresa, porém com seus efeitos atingindo a cadeia como um todo. Os resultados obtidos têm reflexo na redução dos tempos de produção, estoques intermediários e desperdícios na produção que impactam diretamente na capacidade de fornecimento e na flexibilidadeda empresa, fatores chave de competitividade dentro de uma cadeia de suprimentos. Uma empresa competitiva, segundo Martins e Laugeni (1999), é aquela que consegue concorrer com outros fabricantes de um produto ou serviço em um determinado mercado e podem utilizar como uma das estratégias competitivas a gestão dos prazos de entrega e conseqüentemente, quanto menor o prazo de entrega de um produto...
tracking img