Tesauro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 319 (79728 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FORMEI

Tesauro FORMEI

APRESENTAÇÃO ALFABÉTICA

REDE DE CENTROS DE RECURSOS EM CONHECIMENTO

Tesauro FORMEI

Lisboa, 2010

FICHA TÉCNICA
Editor Instituto do Emprego e Formação Profissional Autor Grupo de Trabalho da Documentação da Rede de Centros de Recursos em Conhecimento Coordenação Ana Santos Amaral Local de Edição Lisboa Data 2010

2

Índice
1. Introdução 2.Importância da indexação 3. O Tesauro FORMEI 3.1. Metodologia 3.2. Aquisição do módulo de construção de tesauros WinLib 2000 3.3. Estrutura do tesauro 3.3.1. Termos de indexação 3.3.2. Apresentação dos termos 3.3.3. Relações hierárquicas 3.3.4. Relações associativas 3.3.5. Definições e notas de aplicação 3.3.6. Forma de apresentação do tesauro 3.4. Gestão do tesauro 4. Pesquisa no Tesauro FORMEI 5 6 7 8 1011 11 11 12 12 13 13 13 14

Tesauro FORMEI - Domínios Temáticos

18

Tesauro FORMEI – Lista Alfabética

3

4

1 - INTRODUÇÃO

O Grupo de Trabalho da Documentação da Rede de Centros de Recursos em Conhecimento, iniciou o seu funcionamento em Fevereiro de 2004. A necessidade de se constituir este Grupo decorreu da verificação de que havia já um número apreciável de Centros deRecursos em Conhecimento que estavam a disponibilizar a informação sobre os seus fundos documentais no Catálogo Bibliográfico Colectivo da Rede, designado de Base FORMEI e previa-se que outros pudessem vir a fazê-lo proximamente. Tornava-se, assim, necessária a conciliação das práticas de catalogação, indexação e classificação de cada um, com vista a garantir-se a coerência e a qualidade da base.Pareceu, pois, de grande pertinência, a formação de um grupo de trabalho que reflectisse sobre estas questões e propusesse um conjunto de regras que viessem a ser observadas por todos, de forma a garantir-se a qualidade dessa base.

Foram convidados a fazer parte deste grupo, coordenado pelo Instituto para a Qualidade na Formação, então gestor do projecto rede de Centros de Recursos em Conhecimento,os CRC das seguintes entidades: Instituto de Solidariedade e Segurança Social, Direcção Geral de Formação Vocacional, Fundação Alentejo, Direcção Regional da Juventude, Emprego e Formação Profissional dos Açores, Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica do Porto, Direcção Regional de Formação Profissional da Madeira, PRIMUS, Instituto de Segurança Higiene e Saúde no Trabalho, oCatim e a EPRAL. Os participantes eram técnicos com formação pósgraduada em Ciências Documentais, e técnicos profissionais de BAD com uma experiência longa de trabalho na área do tratamento documental.

Uma das primeiras preocupações deste GTD foi a análise das práticas e dos instrumentos de indexação de documentos, adoptadas pelos diversos CRC. Essa preocupação justificava-se uma vez que aindexação por assunto é uma das formas mais directas de acesso ao conteúdo dos documentos.

5

2 – IMPORTÂNCIA DA INDEXAÇÃO
Para se recuperarem documentos cujo conteúdo corresponda a uma pesquisa específica, é imprescindível que eles sejam previamente indexados, isto é, que cada documento seja analisado de forma a identificarem-se os assuntos nele tratados, que se representam depois por termos,que deverão ser utilizados sempre que esses assuntos ocorram noutros documentos.

Não se trata de uma indexação automática como a que encontramos, por exemplo, nas pesquisas na Internet. Trata-se de um processo intelectual que recorre à análise do conteúdo dos documentos e à síntese dos assuntos mais importantes, traduzidos em uns poucos termos, simples ou compostos.

Parece um processosimples, mas quando se tem documentação reunida ao longo de algum tempo, tratada por pessoas diferentes, surgem problemas de inconsistência na indexação. Este problema poderá ser minimizado se o indexador tiver o apoio de uma linguagem documental, isto é, um vocabulário controlado onde esteja resolvida a questão da sinonímia e a ambiguidade própria da linguagem natural.

A análise dos processos de...
tracking img