Território brasileiro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 12 (2847 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 6 de junho de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução
FORMAÇÃO DO TERRITÓRIO BRASILEIRO
É claro que o Brasil não brotou do chão como uma planta. O Solo que o Brasil hoje
ocupa já existia, o que não existia era o seu território, a porção do espaço sob domínio,
poder, soberania de um Estado organizado. O Brasil nasceu modesto, possuindo apenas
2.800,000 km2, cerca de 35% do território atual. Era a área que cabia a Portugal peladivisão imposta pelo Tratado de Tordesilhas.
Em 1580, por falta de um sucessor ao trono de Portugal, Felipe II, neto do rei da
Espanha, único na linha sucessória, assumiu o trono. Essa nova relação, permitiu aos
portugueses que viviam na colônia atravessar os limites impostos pelo Tratado de
Tordesilhas sem muitos problemas.
Desenvolvimento
No processo de exploração territorial advindo doprocesso expansionista europeu encontra-se uma colonização, balanceada e encerrada no século XVIII. Partindo desse histórico, verifica-se um Brasil constituído nos fundamentos do nacionalismo; povoado em um território semi-deserto, onde organiza-se uma vida humana que segundo Caio Prado Júnior "diverge tanto daquela que havia aqui, dos indígenas e suas nações, como também, embora em menor escala,da dos portugueses que empreenderam a ocupação do território".(PRADO JUNIOR, 1999, p.13). Essa afirmação indica a formação de um povo que revelaria essa particular multietnia, qual tanto é tratada por diversos cientistas humanos. O que tal afirmação não revela é a formação de um Brasil pautado tão pura e simplesmente como um espaço a ser conquistado com base na compleição do projeto de exploraçãoeuropéia.
Ora, se o Brasil foi descoberto acima de todas as possibilidades dos grupos sociais que aqui já habitavam, importante é salientar que fora achado e repovoado dentro de uma perspectiva a ser reproduzida por séculos adiante: encontrado como se encontra um objeto que iria se somar às propriedades dos seus colonizadores; futuramente, das suas elites. A apropriação da terra que já eraterritório do povo nativo, somado à diáspora africana mais transferência da corte de Portugal para cá, são fatores que determinam o substrato da territorialização da nação brasileira. Aqui cabe chamar atenção para os conceitos de território, que se formam a partir da abstração do espaço pelos grupos sociais que nele coabitam. Logo, "esse conceito é impossível de ser formulado sem o recurso de um gruposocial que ocupa e explora aquele espaço, o território (...) inexistindo enquanto realidade apenas natural". (Moraes, 2008, p. 45).
Milton Santos (2008) localiza o papel do território nacional como reflexo da economia internacional. Diante dessa afirmação, é possível levantar que um dos fatores, talvez o mais proeminente deles na territorialização brasileira, advenha tanto do processo decolonização, como da internalização desse processo. O mesmo autor adverte para o fato de que, no engessamento da formação científica, onde se torna claro o surgimento dos letrados assumindo o papel dos intelectuais, encontra-se uma investigação pautada na mecânica determinada pelo processo histórico. Qual subverte a análise da formação do território nacional com todo o gradiente de possibilidades que gera apermanente transformação desse espaço.
Nessa direção, Moraes também alerta para o fato de que no campo da investigação: "A documentação colonial local não foi lida na ótica da história do pensamento geográfico brasileiro." (MORAES, 2008, p.15). Tal afirmação é uma proposta para que a Geografia ? bem como as demais ciências humanas ? reforce dentro das diversas perspectivas metodológicas de análisedos objetos, observações sobre a formação de um território brasileiro que se consubstanciou dentro do processo civilizatório legitimado por Europa, qual se orienta a partir da necessidade de expansão, tanto do seu território quanto do seu conjunto de comportamentos materiais e imateriais. Bem como da sua hierarquização dos espaços e das sociedades.
A hierarquização que propõem os países...
tracking img