Terra

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1789 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A crítica de Marx ao “18 Brumário de Luís Bonaparte” pode servir também para os sistemas educacionais? Por quê?por JOANITA UDE MARQUES - sexta, 30 março 2012, 13:26 |
A crítica de Marx no “18 Brumário de Luís Bonaparte” pode servir também para os sistemas educacionais? Por que?  | A crítica de Marx ao “18 Brumário de Luís Bonaparte” pode servir também para os sistemas educacionais? Por quê?Sim.Porque ao criticar, o XVIII Brumário de Luís Bonaparte, Marx coloca: os homens fazem sua própria história, mas não a fazem como querem, não a fazem sob circunstâncias de sua escolha e sim sob aquelas com que se defrontam diretamente, legadas e transmitidas pelo passado.Neste sentido, partindo da concepção de dialética de Marx, em ele que teoriza que as condições materiais são o ponto de partidapara que os sujeitos se pensem (tese) e que é a partir de suas idéias (antítese) é que eles têm condições de criar novas condições materiais (síntese). Além de deixar claro, ao criticar os “Bonapartes”, que a ressurreição dos mortos, passado, se faz necessário para engrandecer a tarefa a cumprir e não de fugir de sua solução, fica claro de como podemos levar essas críticas para os sistemaseducacionais.Partindo dos textos estudados, bem como, da exposição feita por nosso professor, tentarei fazer aqui uma analogia entre a crítica Marxista ao XVIII Brumário de Luís Bonaparte e os sistemas educacionais:Para Marx, o que nos permite entender e explicar as dimensões constituintes da sociedade e suas conexões internas é uma reflexão totalizada de sua forma de articulação social. Pois, na medidaem que há uma correlação entre as diversas partes que compõe esse sistema, faz-se necessário a análise dessas relações sociais por serem elas interligadas e interdependentes, ou seja, a alteração em uma dessas partes poderá alterar todo esse sistema.Nesse sentido, o homem ao se construir sobre as condições materiais que encontra, sejam elas geográficas, econômicas, do jeito de ser daquele gruposocial etc., e ao mesmo tempo, esse sujeito ao se pensar, ter a possibilidade de mudar essas condições materiais- que não só as econômicas como tendemos a pensar- a partir da concepção de novas idéias, fica claro que os sistemas educacionais têm papel importante, como subsidiários dessas condições. No entanto, há de se destacar, que esses sistemas educacionais se encontram em uma engrenagem muitomaior, como dito por Marx: as relações sociais são interligadas e interdependentes. Daí, o interesse do Estado em manter a baixa qualidade do sistema educacional brasileiro, pois a sociedade capitalista interessa os alienados, pois ele está inserido num cenário, onde é natural a existência de lutas de classe, entre a burguesia - detentora do capital e das forças produtivas entre o proletariado - quevende sua força de trabalho.Porém, Marx ao criticar o XVIII Brumário de Luís Bonaparte, chama-nos atenção para a importância do passado, que ao mesmo tempo em que ele nos impõe circunstâncias são essas mesmas circunstâncias que nos move a buscar novas conquistas, a meu ver mais uma dialética da existência humana. Assim, devemos sair de nossa inércia com relação ao sistema educacional brasileiro,pois nossa história nos dá os subsídios –sabemos da ineficiência e da ineficácia dele há muito tempo- devemos sair do lugar da crítica e partir para criação de novas concepções pedagógicas.A educação precisa, hoje, de se “antitetizar”, para possibilitar novas condições materiais para sociedade. Pois nosso passado/presente nos remete a busca dessa conquista: uma educação de qualidade |Pensamentos de Marxpor DANIELLE DE FATIMA DOMINGOS DE CARVALHO - sexta, 30 março 2012, 09:13 |
  | Marx foi fortemente influenciado por Hegel e este dentre os pensamentos desenvolvidos está o conceito de que o homem não colhe os frutos do seu trabalho, estes serão serão colhidos por gerações futuras. Hegel observa ainda que os indivíduos apenas conseguem obsrvar a história a partir de seus ideais...
tracking img