Terra patria - capitulo ii

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2271 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A unidade antropológica

Por mais diversas que sejam suas pertenças de genes, de solos, de comunidades, de ritos, de mitos e de idéias, o Homo sapiens tem uma identidade fundamental comum a todos os seus representantes. Quer tenha se originado ou não de um antepassado único, ele pertence a uma unidade genética de espécie que torna a inter-fecundação possível entre homens e mulheres, todoseles, não importa sua raça. Essa unidade genética, hoje comprovada, prolonga-se em unidade morfológica, anatômica, fisiológica; a unidade cerebral do Homo sapiens sé manifesta na organização singular de seu cérebro em relação aos outros primatas; há enfim uma unidade psicológica e afetiva: é verdade que sorrisos, lágrimas, gargalhadas são diversamente modulados, inibidos ou exibidos segundo asculturas, mais, a despeito da extrema diversidade dessas

A carteira de identidade terrestre | 57

culturas e dos modelos de personalidade que nelas se impõem, soitísos, lágrimas e gargalhadas são universais e seu caráter inato se manifesta em surdos-mudos-cegos de nascença que sorriem, choram e riem sem ter podido imitar a ninguém.13

A diáspora do Moino sapiens, iniciada há 130 mil anos,espalhou-se pela África e a Eurásia, atravessou a seco o estreito de Behring há cem mil anos, chegou à Austrália e à Nova Guiné há quarenta mil anos, e finalmente povoou as ilhas da Polinésia há alguns milhares de anos antes da nossa era.
A despeito dessa diáspora, a despeito das diferenças físicas de tamanho, cor, forma dos olhos, do nariz, a despeito das diferenças de culturas e de linguagenstornadas ininteligíveis umas às outras, de ritos e costumes tornados incompreensíveis uns aos outros, de crenças singulares tornadas irredutíveis umas às outras, por toda parte houve mito, por toda parte houve racionalidade, por toda parte houve estratégia e invenção, por toda parte houve dança, ritmo e música, por toda parte houve - certamente expressos ou inibidos de maneira desigual conforme asculturas - prazer, amor, ternura, amizade, cólera, ódio, por toda parte houve proliferação imaginária, e, por mais diversas que sejam suas fórmulas e suas dosagens, por toda parte e sempre houve mistura inseparável de razão e de loucura.

Toda espécie sexuada produz indivíduos diferentes, não apenas pelo número quase ilimitado das combinações entre dois patrimônios hereditários, mas tambémpela extrema diversidade das condições, alimentação, influências e vicissitudes que afetam a formação do embrião e, depois, do recém-nascido. Quanto mais complexas as espécies, tanto maiores as diversidades individuais. No que concerne ao Homo, a diversificação aumenta, se multiplica, se intensifica com os acontecimentos, acidentes da infância e da adolescência, com a conformidade ou a resitência àsinfluências familiares, culturais e sociais. Desde a instituição

"L. Eibl-Eibesfeldl. Lave iiucl Hcite. Holt. Rinehardt and Winslon, Nova York. 1971. Do mesmo: "Similariiies and differences beiween cultures in expressive movements". in Nau Verbal Cnminuiiicatioii, Hinde, Cambridge University Press, Cambridge, 1972; e "Lês universaux du comportemem ei leur gênese" (1974) in L'Uniié ileriioiiiinc, op. cit.

58 l Terra-Pátria
arcaica da exogamia e 4a proibição do incesto, a cultura estimula e fa2 crescer a mistura genética. As guerras e invasões ampliaram posteriormente essa mistura com as violações, raptos, escravizações e cruzamentos de populações; enfim, as viagens, namoros e casamentos irão também diversificar geneticamente os indivíduos no seio de uma mesma etnia.

Adiversificação é também psico-cultural. Conforme as culturas, manifestam-se tipos dominantes de atitudes, de comportamentos, de agressividade, dp complacência, etc. Além do mais, em toda civilização, e particularmente na nossa, cada indivíduo assume personalidades diferentes, conforme seu humor e conforme a pessoa que encontra, que enfrenta ou à qual se submete (filho, pai, esposa, amante, chefe,...
tracking img