Terra de deus

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1983 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ROBERTSON, O. P. Terra de Deus. Tradução Hope Gordon Silva. São Paulo: Cultura Cristã, 1998. 175 p.






















TERRA DE DEUS


























RESENHA CRÍTICA


ROBERTSON, O. P. Terra de Deus. Tradução Hope Gordon Silva. São Paulo: Cultura Cristã, 1998. 175 p.

O autor de Terra de Deus, Owen PalmerRobertson é ThD pelo Union Theological Seminary em Richmond, diretor do African Bible College em Uganda e professor adjunto de Antigo Testamento no Knox Theological Seminary, Fort Lauderdale, Flórida.
Robertson é ministro da Presbyterian Church in America, professor experimentado e conferencista em diversos países. Possui vários livros publicados no Brasil, destacando-se O Cristo dos Pactos, queteve sua primeira edição publicada pela Luz para o Caminho (LPC) em 1997. Dentre os livros traduzidos para o português estão Alianças, Terra de Deus e Jonas - Um estudo sobre compaixão, a do Senhor e a sua, recém publicado pela Editora Cultura Cristã.
Terra de Deus, originalmente publicado em inglês, é uma obra que apresenta a geografia das terras bíblicas e muito mais do que isto. O autor,comprovado conhecedor das Escrituras Sagradas, ao descrever as terras bíblicas, procura apresentar o sentido das mesmas para os planos e propósitos de Deus.
O capítulo cinco, sobre o clima e a vegetação foi escrito por John D. Currid, a quem Robertson apresenta, no prefácio, sua gratidão. Currid é perito no assunto e contribuiu também com as notas de rodapé que tratam de assuntosarqueológicos. Observa-se que o texto de Currid é esclarecedor, didático, com maior conteúdo técnico, apresentando definições e conceitos geográficos, informações arqueológicas e também conexões com relatos das Sagradas Escrituras.
O autor acredita que a obra, na perspectiva em que foi escrita, contribuirá para responder algumas questões que não poderiam ser respondidas de outra forma.
Paraalcançar seus objetivos, organiza o livro em três partes: 1ª) Visão Geral da Terra; 2ª) Singularidades da Terra: e 3ª) Pontos de Vista Contrastantes sobre a Terra. Na primeira parte o autor apresenta a Terra como um todo, de Oeste a Leste e de Sul a Norte. Na segunda parte discorre sobre as montanhas e rios, clima e vegetação, vilas e cidades nos dias dos patriarcas, vilas e cidades durante aconquista e o período dos juízes, vilas e cidades durante a monarquia e a terra da Bíblia na era da nova aliança. Na terceira parte, apresenta cinco pontos de vista sobre a Terra. A obra apresenta uma bibliografia selecionada, índice de mapas, de lugares e das Escrituras. Os mapas são simples, em preto e branco.
A terra da Bíblia está hoje colocada num território compacto de cerca de 89quilômetros de largura e 240 de comprimento. A Oeste está o litoral do Mar Mediterrâneo e a Leste o deserto da Arábia. É vista por muitos como uma terra de contrastes.
No primeiro capítulo Robertson trata da terra como um todo. Aborda a “Terra” na perspectiva teológica, levando o leitor para o “Paraíso”, lugar que o Senhor concedeu a Adão para viver. Segundo ele, “o Jardim original era o lugar para ahabitação do homem, a figura concreta da perfeição da bênção que Deus concedia ao homem recém-criado” (p. 15) Por se rebelarem voluntariamente contra Deus, Adão e Eva foram expulsos dessa terra de puro prazer, passando a peregrinar pela terra. Caídos, foram cada vez mais se alienando do mundo à sua volta, sendo que o meio ambiente lhes tornou inóspito, difícil de lidar. Desde então, os homenspassaram a aspirar por uma terra restaurada, onde se poderá gozar novamente do “paraíso”.
Deus manteve a esperança no coração dos homens. Tal esperança encontrou expressão na promessa que o Senhor fez a Abraão, de que ele possuiria uma terra onde “mana leite e mel”. Abraão deixou sua cidade e parentela e passou a peregrinar, por fé, na esperança desta terra. Ele a avistou, mas não a...
tracking img