Termodinamica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1657 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CENTRO TECNOLÓGICO FACULDADE DE ENGENHARIA QUÍMICA CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA QUÍMICA TEMODINÂMICA QUÍMICA EXPERIMENTAL

PRÁTICA: VOLUME PARCIAL MOLAR

Belém - PA 2009

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CENTRO TECNOLÓGICO FACULDADE DE ENGENHARIA QUÍMICA CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA QUÍMICA TEMODINÂMICA QUÍMICA EXPERIMENTAL

PRÁTICA: VOLUME PARCIAL MOLARRelatório apresentado como parte da avaliação da disciplina Termodinâmica Química Experimental código EN03047, turma 025047A, do curso de Engenharia Química da Universidade Federal do Pará.

Professor: José Ribamar Bogéa Lobato Relatores: Danilo Souza - 05025001301 Helder Kiyoshi Miyagawa - 07025000201

Belém - PA 2009

2

RESUMO Quantidades parciais molares nos mostram como umapropriedade de uma solução varia com a adição ou retirada infinitesimal de uma amostra de um dado componente químico em uma solução. O volume molar parcial é a quantidade molar parcial mais fácil de ser visualizada e é definido como a contribuição volumétrica que um componente de uma solução faz para o volume total da solução. Para determinar o volume molar dos componentes de uma mistura de etanol eágua, foram feitas diversas medições de volume para diferentes proporções de água e etanol, plotado o gráfico do volume molar total em função da fração molar de cada elemento e encontrando o volume molar igual a 15,308 mL/mol e 51,001 mL/mol para a água e o etanol respectivamente. Palavras chave: Volume molar parcial, água, etanol.

3

SUMÁRIO 1Introdução............................................................................................................ pag. 05 2 Objetivo............................................................................................................... pag. 06 3 Procedimento Experimental................................................................................. pag. 06 3.1Material................................................................................................. pag. 06 3.2 Método.................................................................................................. pag. 06 4 Questões............................................................................................................... pag. 07 4.1 Explique o que você entendeu sobre volume molar parcial.................. pag. 07 4.2 Preencha as colunas 2, 3e 4 da tabela 2 e faça dois gráficos............... pag. 07 5 Conclusão............................................................................................................. pag. 08 Referências Bibliográficas...................................................................................... pag. 09

4

1 Introdução O conceito de propriedade parcial molar é muito importante noestudo de sistemas homogêneos, uma vez que traduz a variação duma determinada propriedade com a temperatura, pressão e a composição de outros componentes da mistura constantes. Quando se estuda misturas de gases fala-se sobre pressões parciais, que é a contribuição para a pressão total de um componente da mistura gasosa. Quando se estuda soluções líquidas, outras quantidades molares parciais sãoimportantes, como, por exemplo, a energia de Gibbs molar parcial ou volume molar parcial. Em geral, o volume parcial molar de uma substância A numa mistura é a variação de volume da mistura provocada pela adição de um mol de A a um grande volume de mistura (ATKINS, 1999). Os volumes parciais molares dos componentes de uma mistura variam de acordo com a composição, pois as vizinhanças de cada tipo demolécula se alteram a medida que a composição passa de A puro para a de B puro (ATKINS, 1999). É a modificação do ambiente de cada molécula, e portanto das forças que atuam entre as moléculas, a responsável pela varia das propriedades de uma mistura em função de sua composição. A definição de volume parcial molar, Vj de uma substância J numa certa composição é:
 ∂V  VJ =    ∂n J  P,T,n...
tracking img