Termistor

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (613 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO Universidade Técnica de Lisboa

Teoria dos Circuitos e Fundamentos de Electrónica

Díodos de Junção

INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO Universidade Técnica de LisboaMateriais Semicondutores
• Os materiais mais utilizados são ainda os do grupo IV da tabela periódica e desses o silício (Si) continua a ser o mais vulgar. • No estado sólido os cristais de silício devema sua coesão às ligações covalentes. • Para formar estas ligações cada átomo disponibiliza os quatro electrões da camada externa e liga-se aos quatro átomos vizinhos. • Cada ligação covalente écomposta por dois electrões partilhados por átomos vizinhos.

INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO Universidade Técnica de Lisboa

Estrutura planificada do silício

+4

+4

+4

+4

+4

+4

+4+4

+4

+4

+4

+4

+4

+4

+4

INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO Universidade Técnica de Lisboa

Transporte de Carga num Semicondutor Intrínseco

+4

+4

+4

+4

+4

+4

+4+4

+4

+4

+4

+4

+4

+4

+4

INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO Universidade Técnica de Lisboa

Transporte de Carga num Semicondutor Intrínseco
Seja: n a concentração de electrõeslivres. p a concentração de buracos.

Como a geração destes portadores de carga se faz aos pares tem-se que n=p. Nestas condições o semicondutor diz-se intrínseco e a concentração intrínsecarepresenta-se por ni. Assim tem-se no semicondutor intrínseco n=p=ni(T).

INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO Universidade Técnica de Lisboa

Semicondutor dopado com impurezas dadoras

+4

+4

+4

+4

+4+4

+4

+5

+4

+4

+4

+4

+4

+4

+4

INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO Universidade Técnica de Lisboa

Semicondutor dopado com impurezas dadoras
Cada átomo de impureza dadoratem cinco electrões na última camada. Estes átomos, para se integrarem na rede cristalina, cedem um electrão livre. No entanto não se forma qualquer buraco. A carga positiva +q, correspondente à falta...
tracking img