Termômetro à pressão de gás

[pic]







Termômetro à Pressão de Gás













Henrique Gonzaga

Natan Vinícius Rosa

Antônio Fernando Marini

Allef Pablo Araujo

Wanderson CelórioSumário









































1. Termômetro à Pressão de Gás

1.1 Introdução

É notável o avanço da física e eletrônica nos últimos anos.Sem dúvida, de todas as áreas técnicas, foram as mais marcantes em desenvolvimentos. Hoje somos incapazes de viver sem as facilidades e benefícios que estas áreas nos proporcionam em nossas rotinasdiárias. Nos processos e controles industriais não é diferente, somos testemunhas dos avanços tecnológicos com o advento dos microprocessadores e componentes eletrônicos, da tecnologia Fieldbus, o uso dainternet, etc. E ainda, com a busca de desenvolvimentos na área de energia renovável, novos combustíveis, a nanotecnologia, existem inúmeras aplicações com a medição e controle da temperatura.

Amedição de temperatura é ponto de interesse da ciência há vários anos. O corpo humano é um péssimo termômetro, pois só consegue diferenciar o que está frio ou quente em relação à sua própriatemperatura. Portanto, com o passar dos tempos o homem começou a criar aparelhos que o auxiliassem nessa tarefa. Os aparelhos, ou instrumento, analisados neste trabalho são os termômetros à pressão de gás.1.2 Princípio de Funcionamento

Fisicamente idêntico ao termômetro de dilatação de líquido, sendo composto de bulbo, elemento de medição e capilar de ligação entre esses dois elementos, Figura 1.1.[pic]

Figura 1.1 – Termômetro à Pressão de Gás

Nesse termômetro o volume do conjunto é constante e preenchido com um gás a alta pressão. Com a variação da temperatura o gás sofre uma expansãoou contração térmica, resultando assim em uma variação da pressão.

O que fora exposto pode ser representado de forma aproximada pela lei dos gases ideais, com o elemento de medição operando como...
tracking img