Terapia familiar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3535 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
HISTÓRIA DA TERAPIA FAMILIAR

DISCIPLINA: Psicologia familiar

 

A família vista como adversário. Terapia influente do séc. XX: Freud e Rogers. Problemas psicológico surgem de interações não sadias com outras pessoas. Tratamento privado entre terapeuta e paciente. Transferência e as relações familiares







TERAPIA INDIVIDUALX TERAPIA FAMILIAR Importância da vida familiarna formação da personalidade


Interiorização das influências (Dinâmica intrapsíquica)

força dominante localizada na família



Compreensão do comportamento humano



TERAPIA INDIVIDUAL – indicação: necessidade de mudar algo em si mesmo, ambiente social estável. TERAPIA FAMILIAR – indicação: problemas com filhos, casamento, outros relacionamentos íntimos, transição familiar.

Provoca mudança em toda família. Cada membro modificado continua provocando mudanças nos outros. Problemas tratados em sua fonte. Caso: pai ri discretamente quando fala da rebeldia do filho.

MAS O QUE É FAMILIA?
É um sistema, um todo orgânico cujas partes funcionam de uma maneira que transcende suas características separadas. Os eventos são estudados dentro do contexto do qual ocorrem e aatenção é focalizada nas conexões e relações mais no que nas características individuais.

“O todo é considerado maior do que a soma de suas partes; cada parte só pode ser entendida no contexto do todo; uma mudança em qualquer uma das partes afeta todas as outras partes e o todo se regula através de correntes de feedback classificados como circuitos cibernéticos.”

PENSAMENTO SISTÊMICO Cap. 2 EVOLUÇÃO DA TERAPIA FAMILIAR
 

 

Hospícios Década de 50 – influencia da família no curso do tratamento. A melhora do paciente remetia a piora de algum membro familiar. Casos: Don Jackon (1945) - depressão - frigidez Ponto essencial: a mudança em uma pessoa muda o sistema.



Caso: Queixa: o marido reclama que a mulher não o deixa fazer nada com os amigos.



QUALHIPÓTESE INICIAL SURGE?

A mulher pode restringi-lo, mas o fato de ele ceder sem lutar sugere que talvez tenha conflitos em relação a se divertir.

SERÁ QUE NEGOCIAR COM A MULHER VAI RESOLVER SUA ANSIEDADE INTERNA EM RELAÇAO A FAZER COISAS SOZINHO? Ou...

SE ELE RESOLVER SUAS PRÓPRIAS RESTRIÇÕES INTERNAS, SERÁ QUE A MULHER COMEÇARÁ SUBITAMENTE A INCENTIVÁ-LO A SAIR E SE DIVERTIR?

“Paraoferecer ajuda psicológica efetiva e duradoura, o terapeuta precisa compreender e motivar o individuo e influenciar suas interações”.



Pensar em linhas Ex.: carro

A causa B. (impotência).

Pensar em círculos complexidade. Relacionamentos que não dão certo, maioria das pessoas dá o crédito ao outro.


A reciprocidade é o padrão que governa os relacionamentos. Ir além de vilões e vítimas.Pai: é o meu filho. Ele é grosseiro e desafiador. Terapeuta: quem o ensinou a ser assim? O terapeuta convida a buscar padrões de influência mútua. Capacita o pai a examinar metade da equação sobre a qual ele tem controle. O marido queixa que a mulher é ranzinza, e o terapeuta pergunta como ele contribui para isso.

   

1950 -------------------NASCIMENTO1960--------------------CRESCIMENTO 1970--------------------FASE ADULTA 1975 a 1985----------PERÍODO DOURADO

Diferenças em relação à técnica ,mas compartilhavam um senso de otimismo e propósito comum.

ATUALMENTE...

 Terapeuta

individual  Não exclusividade com uma única escola – integração  Valorização do inter relacional e do intrapsíquico

familiar

/

terapeuta

CONTRIBUIÇÕES PARA A TERAPIA FAMILIARTerapia de grupo -Padrões de luta-fuga, dependência ou formação de

pares. - Processo / conteúdo (como a família fala quanto ao conteúdo de suas discussões) - Papéis (papéis limitados e rígidos – artrite interpessoal – família rígida, leva atrofia de uma vida não-usada; excessivos papéis – sobrecarga. Ex. progenitor, dona-de-casa, cozinheiro, motorista, provedor, etc. Papeis poderiam ser...
tracking img