Terapia cognitivo comportamental

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2709 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL
FACULDADE DE MEDICINA
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS MÉDICAS: PSIQUIATRIA
CURSO DE DOUTORADO
TERAPIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL EM GRUPO NO TRANSTORNO OBSESSIVO-COMPULSIVO
ARISTIDES VOLPATO CORDIOLI
Porto Alegre, novembro de 2002

Esteriotipados: são sempre os mesmos e devem seguir regras rígidas (Apa, 2002

RASMUSSEN e EISEN (1992a)propuseram três características centrais para o TOC: avaliação anormal do risco, dúvida patológica e necessidade de completude. Esta proposta inicial foi recentemente ampliada por um comitê de especialistas em função da identificação de crenças disfuncionais subjacentes aos sintomas. Foram propostos, então, seis domíniosde crenças disfuncionais, os quais, de alguma forma, estão relacionados com ossintomas: excesso de responsabilidade induzindo à realização de verificações ou repetições; exagero do risco induzindo à realização de rituais de limpeza e evitações; necessidade de ter certeza provocando repetições ou verificações; perfeccionismo provocando repetições; supervalorização do poder do pensamento induzindo à realização de atos compulsivos com características mágicas; e necessidade decontrolar o pensamento induzindo à realização de rituais mentais (Obsessive-CompulsiveCognitionsWorkingGroup - OCCWG, 1997). A identificação das crenças disfuncionais subjacentes parece ser útil na escolha de estratégias cognitivas para sua correção. É desconhecido, entretanto, se subgrupos de pacientes homogêneos em relação a crenças também o são no que se refere a aspectos biológicos eresultados de tratamentos. De qualquer forma, a intensidade e a rigidez das crenças correlacionaram-se negativamente com os resultados de tratamentos em pelo menos um estudo (NEZIROGLU, STEVENS e YARYURA-TOBIAS, 1999).

ETIOLOGIA DO TOC: FATORES PSICOSSOCIAIS 46
Os estudos funcionais, neuroquímicos e genéticos, bem como a resposta aos medicamentos, acumularam evidências em favor da contribuição defatores de ordem biológica na etiopatogenia do TOC. Permitiram, ainda, a formulação de modelos que sugerem disfunções no circuito córtico-estriato-tálamo-cortical subjacentes aos sintomas. Acumulam-se, entretanto, evidências de que fatores de natureza psicológica ou psicossocial também têm importante papel na gênese e manutenção dos sintomas obsessivo-compulsivos. Diferentes teorias e modelospropuseram explicações para seu surgimento. Dentro da teoria psicodinâmica, os sintomas foram compreendidos como a expressão de conflitos inconscientes. Já os autores ligados à teoria comportamental sugeriram que aprendizagens distorcidas eram as responsáveis por sua origem e manutenção, e que sintomas aprendidos poderiam ser desaprendidos (HOGDSON e RACHMAN, 1972; HOGDSON, RACHMAN e MARKS, 1972; RÖPER,RACHMAN e HOGDSON, 1973; RACHMAN, DE SILVA e RÖPER, 1976; RACHMAN e DE SILVA, 1978; MARKS, HODGSON e RACHMAN, 1975). Esses autores verificaram, ainda, a possibilidade de eliminar os sintomas rapidamente através de técnicas comportamentais de exposição e prevenção da resposta (EPR). Mais recentemente, foi dada uma atenção à alta prevalência de crenças disfuncionais no TOC, e, da mesma forma, foramsugeridos modelos nos quais tais crenças desempenhariam um papel relevante na origem e manutenção dos sintomas obsessivo-compulsivos. Coerentes com tal modelo, técnicas cognitivas para sua correção têm sido propostas e estão sendo testadas.
A seguir serão apresentados e discutidos os diferentes modelos que pressupõem fatores de natureza psicológica na etiopatogenia do TOC.
O MODELOPSICODINÂMICO 47
O modelo psicodinâmico parte do pressuposto de que os sintomas obsessivo-compulsivos são a expressão de conflitos inconscientes situados na fase anal do desenvolvimento psicossexual e não adequadamente resolvidos.
O homem dos ratos
Em 1909, Freud tratara um jovem de educação universitária que apresentava obsessões desde sua infância e com maior intensidade nos últimos 4 anos de...
tracking img