Terapia capilar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4988 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O que é a calvície ?
Também conhecida como alopecia androgenética, a doença calvície implica na falta parcial ou total de cabelo. Acredita-se que a calvície tenha sido uma das primeiras doenças do ser humano a ser investigada, havendo prescrições de fórmulas em papiros desde 4.000 a.C. O tratamento para queda de cabelo já era realizado por Hipócrates, que foi o primeiro a catalogar de formacientífica a doença (queda de cabelo) em suas manifestações. Vemos então que há muitos e muitos séculos o homem buscou a saúde e beleza dos cabelos, com toda a sorte de experimentos e “invencionices” que a mente humana pôde criar para o tratamento para queda de cabelo.
A Evolução do Tratamento Para Queda de Cabelo
Felizmente, hoje o tratamento para queda de cabelo é real, e possível tanto parahomens quanto mulheres (queda de cabelo masculina e queda de cabelo feminina). O tratamento para queda de cabelo (doença calvície) evoluiu paralelamente a evolução da medicina moderna e das tecnologias da computação e da bioengenharia. O tratamento para queda de cabelo com perspectivas reais de recuperação dos próprios fios é alcançado nos dias atuais graças a uma ampla somatória de sucessos damedicina biotecnológica: estudos científicos sérios ao redor do mundo, desenvolvimento de medicamentos e substâncias orais e tópicos que agem em todas as etapas da perda de fios, equipamentos de laser (tratamento para queda de cabelo a laser) capazes de reestimular as células da raiz dos cabelos a voltarem a produzir fios fortes de forma duradoura, computadores de últma geração capazes de avaliar a raizdos fios com aumentos de até 400 vezes, criação de instituições médicas sólidas dedicadas exclusivamente ao estudo do tratamento para queda de cabelo (calvície).
Ultrapassamos a fase onde tratava-se a perda dos fios (tratamento para queda de cabelo) com a mesma ciência com que utilizava-se a charrete como meio de transporte. O tratamento para queda de cabelo (calvície) que conquista arecuperação dos fios sem cirurgia e sem prótese é uma evolução do conhecimento humano em múltiplas áreas, medicina, bioengenharia e computação, não é uma revolução milagrosa que surgiu do nada de uma hora para outra, nem algum segredo que só determinado “curandeiro” possui.
Tratamento Para Queda de Cabelo: A Doença
Hoje compreende-se a queda de cabelo como uma somatória de múltiplas agressões ao órgão courocabeludo. Primeiramente, no tratamento da calvície (tratamento para queda de cabelo) devemos entender a perda dos cabelos como uma doença, não como uma característica física, como ter olhos azuis ou castanhos. A calvície deve ser abordada como uma doença crônica, progressiva e deformante, que deixa seqüelas permanentes num dos órgãos do nosso corpo, um órgão nobre que diferencia um indivíduoentre todos os outros. O fatalismo de aceitar “meu pai foi calvo, eu serei calvo” é tão injustificado no tratamento para queda de cabelo moderno quanto acreditar “meu pai infartou, então eu infartarei também”. A maioria dos homens e mulheres possui a informação programada em código genético para a perda progressiva dos cabelos, daí o nome de alopecia androgenética (perda de pêlos relacionada ahormônios masculinos estabelecida por uma informação genética presente no DNA com o qual nascemos). Se o ancestral “infartou” significa que o descendente terá uma probabilidade maior de infartar que as outras pessoas, mas a velocidade e a gravidade com que isto poderá ocorrer dependerão de fatores como sedentarismo, hipertensão arterial, diabetes, níveis sanguíneos de colesterol e triglicérides, e assimpor diante. Da mesma forma, a velocidade e a gravidade do desenvolvimento da doença calvície (queda de cabelo) dependerão de uma somatória de fatores, como níveis sanguíneos de macronutrientes, micronutrientes, condições de saúde do couro cabeludo, exposição a produtos químicos inadequados, mecanismos repetitivos de tração dos fios, presença de doenças reumatólogicas e endócrinas, desbalanço...
tracking img