teorias

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (418 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de abril de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE CEARENSE- FAC
CURSO- COMUNICAÇÃO MANHÃ
DISCIPLINA- TEORIAS DA COMUNICAÇÃO
PROFESSORA-KLICIA FONTENELLE
ALUNA- ZÁDYLA QUEIRÓZ






















PARADIGMAS DACOMUNICAÇÃO
A reflexão desenvolvida neste texto está centrada na questão da especificidade de nosso saber: temos clareza e tratamos de forma consensual o objeto da comunicação? Quais são osconceitos, as bases conceituais estruturadoras de nossa área? Qual é (ou quais são) o(s) paradigma(s) da comunicação? Para tratar desta questão, procuramos rever de forma crítica alguns aspectos centrais eestruturadores de nosso domínio de conhecimento, e que dizem respeito à definição de seu objeto; à questão da interdisciplinaridade; às correntes de estudo que compõem o pequeno “patrimônio” da Teoria daComunicação; à existência e fragilidade dos paradigmas da área.

Um dos motivos que levou Vera a discutir sobre o assunto Comunicação foi a questão: O que hoje, podemos entender como Teoria daComunicação? Afinal, são vários os conceitos e discussões que existem em torno dessa área. Cada professor trata de uma maneira, com diferentes formas e autores. Por isso, ainda não se chega a um conceitopronto e inacabável.

É incrível como a comunicação está presente em todas as áreas e disciplinas. Alias, em toda a nossa volta. Talvez seja por isso, que tenhamos dificuldade de definir um únicoobjeto da comunicação. O que podemos afirmar, é que assim como os meios de comunicação(dando destaque principalmente para a televisão, um veiculo de comunicação de massa de grande impacto na vidamoderna) e o processo comunicativo, os diálogos interdisciplinares (certos temas ou objetos da realidade tratados por diferentes áreas) e a construção do lugar próprio são complementares um do outro.

Acomunicação, ou melhor, o especialista em comunicação estaria perdendo o seu espaço no mundo de hoje? Afinal, muitos dizem que “não precisam mais de nós”, já que o 'mecanismo' das mídias já faz todo...
tracking img