Teorias

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2086 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Lista de Genética – 2º. Bimestre
1. (Fuvest 2012) Em tomates, a característica planta alta é dominante em relação à característica planta anã e a cor vermelha do fruto é dominante em relação à cor amarela. Um agricultor cruzou duas linhagens puras: planta alta/fruto vermelho x planta anã/fruto amarelo. Interessado em obter uma linhagem de plantas anãs com frutos vermelhos, deixou que osdescendentes dessas plantas cruzassem entre si, obtendo 320 novas plantas. O número esperado de plantas com o fenótipo desejado pelo agricultor e as plantas que ele deve utilizar nos próximos cruzamentos, para que os descendentes apresentem sempre as características desejadas (plantas anãs com frutos vermelhos), estão corretamente indicados em:
a) 16; plantas homozigóticas em relação às duascaracterísticas.
b) 48; plantas homozigóticas em relação às duas características.
c) 48; plantas heterozigóticas em relação às duas características.
d) 60; plantas heterozigóticas em relação às duas características.
e) 60; plantas homozigóticas em relação às duas características.

2. (Mackenzie 2011) A fibrose cística e a miopia são causadas por genes autossômicos recessivos. Umamulher míope e normal para fibrose cística casa-se com um homem normal para ambas as características, filho de pai míope. A primeira criança nascida foi uma menina de visão normal, mas com fibrose. A probabilidade de o casal ter outra menina normal para ambas as características é de
a) 3/8.
b) 1/4.
c) 3/16.
d) 3/4.
e) 1/8.

3. (Unicamp 2011) O sangue humano costuma serclassificado em diversos grupos, sendo os sistemas ABO e Rh os métodos mais comuns de classificação. A primeira tabela abaixo fornece o percentual da população brasileira com cada combinação de tipo sanguíneo e fator Rh. Já a segunda tabela indica o tipo de aglutinina e de aglutinogênio presentes em cada grupo sanguíneo.

Tipo | Fator RH |
| + | - |
A | 34% | 8% |
B | 8% | 2% |
AB | 2,5% |0,5% |
O | 36% | 9% |

Tipo | Aglutinogênios | Aglutininas |
A | A | Anti-B |
B | B | Anti-A |
AB | A e B | Nenhuma |
O | Nenhum | Anti-A e Anti-B |

Em um teste sanguíneo realizado no Brasil, detectou-se, no sangue de um indivíduo, a presença de aglutinogênio A. Nesse caso, a probabilidade de que o indivíduo tenha sangue A+ é de cerca de
a) 76%.
b) 34%.
c) 81%.
d)39%.

4. (Unicamp 2011) No início do século XX, o austríaco Karl Landsteiner, misturando o sangue de indivíduos diferentes, verificou que apenas algumas combinações eram compatíveis.
Descobriu, assim, a existência do chamado sistema ABO em humanos. No quadro abaixo são mostrados os genótipos possíveis e os aglutinogênios correspondentes a cada tipo sanguíneo.

Tipo sanguíneo | Genótipo |Aglutinogênio |
A | IAIA ou IAi | A |
B | IBIBou IBi | B |
AB | IAIB | A e B |
O | ii | Nenhum |

a) Que tipo ou tipos sanguíneos poderiam ser utilizados em transfusão de sangue para indivíduos de sangue tipo A? Justifique.
b) Uma mulher com tipo sanguíneo A, casada com um homem com tipo sanguíneo B, tem um filho considerado doador de sangue universal. Qual a probabilidade de esse casalter um(a) filho(a) com tipo sanguíneo AB? Justifique sua resposta.

5. (Unesp 2011) Nova esperança contra a anemia falciforme
A anemia falciforme é uma doença genética na qual a hemoglobina A, que é produzida pelo organismo após o nascimento, tem sua estrutura alterada, comprometendo sua função no transporte de oxigênio.
A cura só é possível por meio do transplante de medula óssea, umprocedimento pouco realizado devido à dificuldade de encontrar doadores compatíveis.
A esperança vem da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da UNESP de Araraquara, onde um grupo de pesquisadores está desenvolvendo um novo medicamento que aumenta a taxa de hemoglobina fetal na corrente sanguínea. A hemoglobina fetal não tem sua estrutura alterada, e poderia suprir as necessidades do paciente no...
tracking img