Teorias e sistemas em psicologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1338 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA
CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS LETRAS E ARTES
DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA
















O SABER CIENTÍFICO E O SURGIMENTO DE TEORIAS E SISTEMAS EM PSICOLOGIA







Kátia Karolina Rodrigues Rocha
















João Pessoa
Janeiro/ 2013
Kátia Karolina Rodrigues Rocha














O SABER CIENTÍFICO E OSURGIMENTO DE TEORIAS E SISTEMAS EM PSICOLOGIA












Trabalho apresentado na disciplina Teorias e Sistemas em Psicologia, ministrada pelo professor Rodolfo Tsuyoshi, do Curso de Psicologia.




















João Pessoa
Janeiro/ 2013
O saber científico e o surgimento de Teorias e Sistemas em Psicologia

Oconhecimento é acessível a todas as pessoas, e cada uma delas pode ter vias diferentes para alcançá-lo, mas quando o conseguem, este se torna universal.
Este conhecimento simples, adquirido através das experiências cotidianas e até mesmo de gerações inteiras, é fundamental para a construção de um conhecimento sistemático, pode-se dizer mais avançado, capaz de ver além do que já fora exposto, e queestá aberto a questionamentos de modo a estar sempre reformulando as verdades até ali obtidas. Este conhecimento ainda exige provas, argumentos que garantam sua validade. Está constantemente explorando novos caminhos, sem impor limites e sem áreas proibidas.
Entre estas formas de adquirir conhecimento, não existe, portanto, a mais correta, existe a de acesso mais difícil, mas que necessitada primeira para se fortalecer. Esta que se faz de modo sistemático, – tendo em vista que sistemas são elementos interconectados que servem para organizar um conjunto de ideias elaboradas – é o que se chama ciência.
A ciência, entre tantas outras funções, consiste em demonstrar fenômenos. A demonstração está em apresentar os fatos com argumentos claros e precisos. Para isto, utilizaconceitos que facilitem os estudos. Conceito é a formulação de uma ideia por meio de palavras, um símbolo mental, uma noção abstrata que pode ser contestada ou modificada a qualquer momento.
O movimento científico moderno, que surgiu durante o período do Iluminismo, baseia-se nos fatos observáveis. Isto é, relaciona acontecimentos a resultados de experimentos laboratoriais ou não, o que asseguraque realizando o mesmo procedimento, chegar-se-á sempre, ou quase sempre, ao mesmo resultado. Estes resultados não podem ser ambíguos ou aproximados, devem ser claros e lógicos.
Para Thomas Kuhn, filósofo contemporâneo da ciência mais conhecido, o objeto do conhecer científico não é uma verdade absoluta, mas as tentativas de solucionar problemas de acordo com o que se pensa no momento em quese está inserido. Esse padrão de pensamento é chamado por Kuhn de paradigma, e pode-se dizer ainda, que se trata de algo que origina um estudo científico, e a comunidade é composta por homens que compartilham uma ideia em comum, ou seja, um paradigma.
Só que os modelos de pensamentos científicos nem sempre são estáveis. Vez por outra surgem ideias novas e contrárias, que promovemrevoluções, criando assim, novos paradigmas. Como por exemplo, o fato de ser o sol o centro do universo, e não a terra.
Diz que a ciência consiste em teorias. Mas o que seria exatamente uma teoria? Elas são constituídas por hipóteses, são leis em seus sentidos mais amplos. É a observação dos fenômenos, o conjunto de ideias testadas para explicar um acontecimento, e adquirem características científicasquando essas observações podem ser reproduzidas de modo a se chegar ao mesmo resultado.
Já as leis são regras que explicam de forma simples e concisa. É como se fossem teorias reduzidas. E a ciência precisa disto. É uma forma de apresentar toda a observação dos fatos de maneira objetiva.
Assim como as leis, um constructo visa simplificar uma descrição teórica, de modo a fazer com...
tracking img