Teorias Sobre A Origem Do Universo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2972 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de março de 2015
Ler documento completo
Amostra do texto
Teorias Sobre a Origem Do Universo
A Cosmologia propriamente dita, a Ciência que procura estudar o Universo em larga escala, nasceu com a Teoria Geral da Relatividade. Só assim, baseando-se num chamado princípio cosmológico: o Universo em larga escala é homogêneo e isótropo, os cientistas puderam construir modelos razoáveis do Universo. Estes modelos levam a crer que o Universo está emexpansão.
Isso significa que o Universo também tem sua história. Há cerca de 15 ou 20 bilhões de anos não havia ainda nem as estrelas que brilham nem as galáxias que povoam o Universo. Havia apenas o Universo repleto de radiação, ou melhor, não havia separação entre a matéria (substância) e a radiação. A concepção da matéria eternamente em movimento e eternamente cambiante é uma das teses fundamentais domaterialismo dialético. Portanto, este panorama grandioso de um Universo se transformando através do tempo não pode contrariar os princípios do materialismo dialético.
As primeiras concepções acerca do Universo eram bastante rudimentares, mas assim teve que ser, pois a busca do conhecimento é um processo difícil, cheio de vicissitudes, não linear. As primeiras cosmologias eram representaçõesingênuas e grosseiras do Universo. No entanto, algumas não deixavam de conter momentos dialéticos, pois procuravam compreender o Universo em sua totalidade. Concepções dessa natureza já eram encontradas na Índia e sobretudo na Grécia antiga. Os indianos concebiam um Universo cíclico. Segundo Misner: “Um mil mahayugas – 4.320.000.000 anos terrestres – constituem um único dia de Brahmã, um único kalpa (…)Eu vi a terrível dissolução do Universo. Eu vi tudo perecer repetidas vezes a cada ciclo. E naqueles tempos terríveis, cada átomo individual dissolvia-se na pura e primordial água da eternidade, de onde tudo se originou” (p. 752).
Concepções semelhantes podemos encontrar nos escritos de alguns filósofos gregos pré-socráticos, como Anaximandro e Heráclito. Enquanto outros, entre eles Anaxágoras,concebiam o Universo como um Cosmos, como algo que surgira do caos. O objetivo deste trabalho é, antes de tudo, descrever de maneira sucinta alguns momentos mais interessantes da evolução das idéias acerca do Universo, dando maior ênfase a alguns aspectos da cosmologia contemporânea, nascida a partir da Teoria Geral da Relatividade, na segunda década deste século. Segundo as concepções mais aceitasatualmente, o Universo tem sua história. Ele se desenvolve no espaço e no tempo, passando por muitas fases distintas. Houve um tempo em que não existiam nem as estrelas nem as galáxias. Essa longa evolução, que culminou com o surgimento da vida em todas as suas manifestações, não deixa de ser emocionante e vem despertando o interesse de muitos pesquisadores.
O Universo de duas esferas: SegundoThomas Kuhn, em seu livro A Revolução Copernicana, a concepção do Universo de duas esferas não era a única cosmologia na Grécia antiga, mas foi a única levada mais a sério pela maioria das pessoas, particularmente pelos astrônomos, e foi a que a civilização ocidental mais tarde veio herdar dos gregos. Houve cosmologias alternativas. Por exemplo, no século V a.C. os atomistas gregos Leucipo e Demócritoconcebiam o Universo como um espaço infinito e vazio. É interessante notar que um Universo infinito não tem centro. Mais tarde, meados do século IV a.C., Aristarco de Samos supunha o Sol como o centro de uma imensa esfera de estrelas e a Terra movia-se num círculo à volta do Sol. Todas as cosmologias alternativas têm o movimento da Terra como uma premissa. No entanto, os sentidos separam a Terrados céus. A Terra não é parte do céu; é uma plataforma a partir da qual nós o vemos. Isto levou ao surgimento do Universo de duas esferas: a esfera terrestre e outra muito maior, as esferas das estrelas fixas a girar em torno dela. Diversas foram as cosmologias de duas esferas, mas a mais bem elaborada, a qual permeou grande parte da Antiguidade e toda a Idade Média, estava baseada nas...
tracking img