Teorias organizacionais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 57 (14222 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SUMÁRIO




Capítulo I – Refletindo sobre prática, teoria e produção de conhecimento..........02
Capítulo II – Sociedade e Burocracia – Visão Weberiana......................................06
Capítulo III – Clássicos..............................................................................................10
Capítulo IV – Escola de RecursosHumanos............................................................13
Capítulo V - O funcional-estruturalismo; A teoria da contingência estrutural...16
Capítulo VI – Interpretativismo................................................................................19
Capítulo VII- Institucionalismo.................................................................................22
Capítulo VIII – Economia dasOrganizações...........................................................24
Capítulo IX – Abordagem de redes...........................................................................27
Capítulo X – Poder......................................................................................................30
Capítulo XI – Abordagens teórico-críticas................................................................32
Capítulo XII –A Síndrome Comportamentalista de Alberto Guerreiro Ramos..34
Capítulo XIII – Análise do artigo “Freedom at work in the Age of Post-bureaucratic Organization”…………………………………………………………39
Capítulo XIV - Análise do artigo “A produção de álcool combustível no Brasil: reorganização do capital e superexploração do trabalho ou Vamos nos jogar onde já caímos... tudo novo denovo...”................................................................................40
Bibliografia....................................................................................................................43





Capítulo I – Refletindo sobre prática, teoria e produção de conhecimento


Este capítulo é dedicado a uma reflexão sobre ciência e prática e a produção de conhecimento. As considerações sãobaseadas principalmente nos autores Marsden e Townley, Guerreiro Ramos e Maria Ceci Misoczky.
De acordo com Marsden e Townley (2001) a teoria e prática são indissociáveis, porque a prática só existe porque alguém pensou para que aquilo acontecesse. A prática é uma teoria e a teorização é uma prática. “Todo mundo, e não somente os acadêmicos, teorizam sobre as causas e consequências do mundosocial e age com base nisso. A maioria das práticas operacionaliza alguma teoria, por mais implícita, vaga e contraditória que ela possa ser.” (Marsden e Townley, 2001, p. 31).
Os estudos organizacionais são importantes porque refletem a prática organizacional e permitem a construção do conhecimento dessa prática. Os principais estudos organizacionais se desenvolveram dentro e contra olegado de Marx e Weber (que detinham pensamentos complementares), dois grandes analistas do processo de modernização que ocorreu na época da Revolução Industrial. Este desenvolvimento foi moldado confrontando dois pontos de vista em relação ao objeto de estudo: as organizações como dado ou subjetiva em relação ao olhar do pesquisador. Desta forma, foi possível identificar duas correntes de estudos: aciência normal e a contra-normal.
Preliminarmente é importante contextualizar o desenvolvimento dos estudos organizacionais. De acordo Marsden e Townley (2001) Marx e Weber estavam pesquisando a sociedade para explicar as novas relações que estavam surgindo. Marx identifica nesta sociedade moderna um homem desprovido de valores, individualista e egoísta, fruto de novas formas de organizara produção. Marxs, entretanto, não explica como poderia se dar a organização do trabalho para alcançar a produtividade. Weber, por sua vez, identifica como esta organização do trabalho se dá: ele apresenta o conceito de racionalidade. “O capitalismo, diz Weber, produziu ‘uma organização racional do trabalho que não existiu previamente em nenhum lugar” (citado em Sayer, 1991:93, apud, Marsden...
tracking img