Teorias de michael porter e kaoru ishikawa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3169 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ
CAMPUS ILHA DO GOVERNADOR


INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO






As Teorias da Estratégia de Michael Porter
e da Qualidade de Kaoru Ishikawa




























EVANDRO ALVES DA SILVA
201201440068




RIO DE JANEIRO
2012
SUMÁRIO


Resumo.................................................................................................................. 3
Introdução .............................................................................................................. 4
1. Michael Eugene Porter ............................................................................... 5
1.1 Rivalidade entre os concorrentes ...................................................... 7
1.2 Poderde Negociação dos clientes ..................................................... 8
1.3 Poder de Negociação dos fornecedores ........................................... 8
1.4 Ameaça de Entrada de Novos Concorrentes .................................... 8
1.5 Ameaça de produtos substitutos ........................................................ 9
2. Kaoru Ishikawa.................................................................................................. 10
2.1 Diagrama de Causa e Efeito de Ishikawa ........................................... 10
2.2 Processo para Desenvolver um Diagrama Espinha de Peixe .......... 12
2.3 Outras Regras de uma Sessão para Resolver Problemas
Utilizando a Técnica de Diagrama da Causa e Efeito....................... 14
Conclusão ............................................................................................................... 15







































RESUMO

A gestão da estratégia e da qualidade deixou de ser apenas um diferencial competitivo nas empresas, para se tornar uma obrigatoriedade para a sobrevivência das empresas nomercado de hoje, uma vez que os consumidores estão cada vez mais exigentes e necessitam de eficiência nos produtos e serviços. E uma das maiores dificuldades que as empresas encontram para a implementação de gestão competitividade da qualidade total é a mudança de cultura em todos os seus níveis hierárquicos, ponto fundamental para a busca da excelência dos seus processos.
Michael Porter avaliaque a estratégia competitiva de uma empresa deve aparecer a partir da abrangência das regras da concorrência que definem a atratividade de uma indústria e Kaoru Ishikawa com seus conhecimentos do mundo das organizações, criou o Diagrama Espinha de Peixe (causa e efeito), que através dele consegue detectar e analisar os problemas complexos que parecem ter muitas causas inter-relacionadas esolucioná-los.








































INTRODUÇÃO



Este trabalho visa abordar a contribuição e os conceitos das teorias defendidas por Michael Porter e Kaoru Ishikawa para a Gestão em Recursos Humanos, os benefícios das implementações das teorias propostas, bem como, os desafios para as organizações e gestores para sua aplicação no sistemaempresarial.














































1. Michael Eugene Porter


Autor de teorias e de livros sobre estratégias e competitividade, Michael Eugene Porter nasceu em Michigan em 1947, é professor na Harvard Business School. Seus livros são muito utilizados nos cursos de administração, economia e marketing.
Guru nessa área deconhecimento acadêmico, completou seu doutorado em economia em Harvard, tendo se formado em Engenharia Aeronáutica em Princeton. Porter ainda lidera a Monitor Consulting.

Tornou-se professor aos 26 anos, trabalhou como consultor de estratégia de diversas empresas dos EUA e do mundo afora. Seus estudos geraram conceitos de análise de indústrias baseados nas cinco forças competitivas, além das três...
tracking img