Teorias da pedagogia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3748 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
teorias da Educação - Profa. Augusta B. S. O. Klebis -.3º. Termo Pedagogia
Tendências Pedagógicas EM EDUCAÇÃO

As concepções teóricas sobre o ensino e aprendizagem afetam a prática pedagógica:
• acreditar que a aprendizagem é um processo puramente racional, que depende apenas do exercício e amadurecimento da razão (racionalismo, inatismo), ou perceber a aprendizagem como uma decorrênciada assimilação dos conhecimentos por meio da experiência externa (empirismo), faz diferença no modo de organizar o ensino na escola;
• acreditar que a aprendizagem provém da atividade mental do sujeito ao interagir com a realidade, ou da atividade do sujeito mediada por outros sujeitos socioculturais (cognitivismo, interacionismo, sociointeracionismo) leva as outras formas de organizar oensino.
Ao longo da história da educação, diferentes concepções de aprendizagem e diferentes funções atribuídas à educação geraram diferentes tendências ou teorias pedagógicas.

Na literatura educacional, vários autores desenvolveram estudos e se posicionaram acerca das tendências educacionais, classificado-as segundo suas ideologias. O conhecimento dessas propostas pode ajudar os professores naidentificação de critérios de análise e reformulação de sua prática.
Entre os autores mais presentes na nossa formação podemos destacar: Saviani (1985) e Libâneo (1985).
Saviani (1985) considera um primeiro grupo como teorias não críticas: pedagogia tradicional, pedagogia nova e pedagogia tecnicista –, por desconhecerem as determinações sociais do fenômeno educativo e pela abordagem técnica eneutra com que tratam as questões educacionais, atribuindo à escola um papel redentor de equalização social.
Critica essa visão como ingênua e aponta um segundo grupo de teorias no extremo oposto: as teorias crítico-reprodutivistas que atribuem à educação uma função de reprodução das desigualdades sociais. Ou seja, enfatiza uma situação de impotência da escola diante dos condicionantes sociais.
Odesafio que apresenta é a busca de uma teoria crítica da educação que capte a escola como um instrumento capaz de contribuir para a superação do problema de marginalidade social.

Libâneo (1985), por sua vez, utiliza como critério de classificação a posição que as tendências adotam em relação aos condicionantes sociopolíticos da escola, agrupando-se em dois grandes blocos: pedagogias liberais epedagogias progressistas.
Entre as liberais, inclui as tendências tradicional, renovada ou escolanovista e a tecniscista.
Entre as progressistas, as tendências libertária, libertadora e crítico-social dos conteúdos.
As pedagogias liberais, como o próprio nome indica, assumem princípios da doutrina liberal: liberdade, igualdade, respeito aos interesses individuais. O papel que assume a educaçãoescolar no contexto das propostas de inspiração liberal é a preparação dos indivíduos para desempenhar diferentes papéis sociais de acordo com as suas aptidões. A função social da escola é, pois, a adaptação dos indivíduos à sociedade num sentido conservador. A ideologia liberal não tem um projeto de transformação social no sentido da equalização. Admite as diferenças de condições sociais comoresultado das diferenças individuais inatas: diferenças de dons e aptidões. Ocuparão as melhores posições, serão mais bem-sucedidos na vida social, os mais talentosos, os mais bem dotados, os mais esforçados. A tônica é posta no indivíduo e nos seus méritos pessoais (meritocracia).
As pedagogias progressistas, contrariamente, partem da análise critica da realidade social. Vêem a educação como ummecanismo de transformação. A função da escola nesse contexto é a instrumentalização do educando para compreender a realidade social e atuar sobre ela num sentido transformador. Visam à inserção crítica do educando na realidade social. As correntes pedagógicas que se situam nessa perspectiva dão grande peso à igualdade, desenvolvendo propostas emancipatórias para todos. As diferenças invidivuais...
tracking img