Teorias da aprendizagem

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4129 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Teorias da Aprendizagem: Comportamentalista, Cognitiva e Humanista

A piscologia adquire status da ciência no alvorecer da modernidade e busca, a apartir desse momento histórico, compreender as manifestações da alma ou psique, inerentes á vida mental e emocional do ser humano.
Semelhante a toda área do conhecimento, está ciência representa um vasto campo de saberes aser explorado, abrangendo, especificamente, o desenvolvimento humano nos seus aspectos motor afetivo e cognitivo, além daqueles provenientes da relacão do ser humano com o mundo que o rodeia, isto é a capacidade de adaptar-se, modificar e entender seu meio. Caracteristicas que o diferenciam dos demais seres da natureza
Representando esse vasto campo de saberes, a Psicologia tem comoum de seus objetivos de estudo a aprendizagem humana, ou seja, os diversos fatores que levam os "seres racionais" a apresentarem um comportamento que antes não apresentavam. Tomando por fundamento esse significado tornou-se consenso, do ponto de vita psicológico, que a aprendizagem é uma caracteristica inerente a todos os seres que racionam, Entretanto, muitas são as questões que ocasionamcontrovérsias entre os teóricos que a discutem. Entre essas questões se destacam as discussões sobre sua natureza, seus limites e o papel do aprendiz naConstituição de seu tirocínio.
As divergências em torno de tais aspectos evidenciaram no seio da ciência psicológica o surgimento de diversas teorias como formas explicativas da aprendizagem, as quais podem ser agrupadas em trêsabordagens: a comportamentalista, a cognitiva e a humnista.
Por influxo das contraposições entre as referidas abordagens, o presente estudo tem por objetivo fazer uma exposiçao sintetica e metódica sobre a estrutura teorica de cada uma delas, destacando o foco de análise, os precursores,os conceitos básicos e sua aplicabilidade na educação. Explicitará que todas possuem aspectos importantesa serem considerados como forma de fundamentação e orientação da pratica pedagógica e da ação docente nas instituições educacionais.

1. Abordagem Comportamentalista
A abordagem comportamentalista analisa o processo de aprendizagem, desconsiderando os aspectos internos que ocorrem na mente do agente social, centrando-se no comportamento observavel. Essa abordagem teve comogrande percussor o norte-americano John B. Watson, sendo difundida e mais conhecida pelo termo Behaviorismo.
A grande efervescência dessa teoriase deu pelo fatode ter caracterizado o comportamento como um objeto de análise que representava a consistência que a Psicologia cientifica exigia na época - caráter observável e mensurável - em funçao da predominância cientifica doPositivismo. Esta ultima sendo uma corrente de pensamento que triunfou soberana no século XIX, e que tinha como principio fundamental a utilização do método experimental, tanto para as Ciências da Natureza quanto para as Ciências Sociais.
Desse modo o Behaviorismo desenvolveu-se num contexto em que a Psicologia buscava sua identidade como ciência, enfatizando comportamento em suarelação com o meio. Com isso , seestabeleceu com unidades básicas para uma nálise descritiva nesta ciênciaos conceitos de "Estimulo" e "Resposta". A partiir da definição dessa base conceitual o ser humano passou a ser estudado como produto das associações estabelecidas durante sua vida entre os estimulos do meio e as respostas que são manifestadas pelo comportamento.
Apesar de Watson tersido o grande precusor do Behaviorismo, B. F. Skinner foi um dos psicólogos behavioristas que teve seus estudos amplamente divulgados , inclusive no Brasil, havendo um graude aplicabilidade muito forte na educação.

1.1B.F. Skinner
Skinner nasceu em Susquehanna, Estados Unidos e, em suas pesquisas, ele tinha como ponto fundamental o estudo das relações funcionais...
tracking img